O sonho brasileiro: trabalho remoto, grandes empresas e plano de saúde

O Brasil lidera a busca por vagas fixas de trabalho, com 89,6% dos candidatos, seguido por Chile e México.

Martina Colafemina
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Trabalhadores brasileiros querem possibilidade de crescimento na carreira, de preferência em empresas de grande porte, segundo pesquisa

Acessibilidade


Uma pesquisa feita pela consultoria de recrutamento Page Outsourcing mostrou que os brasileiros buscam a segurança de estar em uma grande empresa: entre os que responderam a pesquisa, 49% têm esse desejo. Sobre o regime de trabalho, 66% preferem o modelo remoto ao presencial ou híbrido e, entre os benefícios, 80%% escolheram treinamento e desenvolvimento de carreira. A consultoria recolheu dados de 6,3 mil profissionais em seis países – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru – de 20 de dezembro de 2021 a 21 de fevereiro de 2022.

Os profissionais locais também elegeram melhores oportunidades de promoção e carreira (48%) como a melhor vantagem que pode ser oferecida. O Brasil lidera a busca por emprego fixo entre os países pesquisados, com 90% dos entrevistados. Os contratos temporários foram escolhidos por 41% dos participantes e as oportunidades freelance por 21%. Atrás dos brasileiros na preferência por emprego fixo entre os outros modelos estão chilenos e mexicanos.

Apesar de preferirem o home office, os brasileiros consideram que a convivência no escritório tem ganhos importantes, como a facilidade em trocar informações com colegas. A vantagem foi escolhida por 63% dos entrevistados entre as opções dadas. As outras opções foram participar de reuniões presenciais (54%) e manter os laços e momentos de convivência com os colegas (52%).

Entre outros benefícios procurados pelos colaboradores do Brasil estão o acesso a um plano de saúde (77%), programas de poupança e participação em ações (56,4%), vale-refeição, vale-transporte, cartões de presente e desconto (49,5%) e seguro de vida (30,3%). Essa ordem também foi observada entre as outras nacionalidades.

Compartilhe esta publicação: