Freelancers: 5 dicas para planejar o futuro em tempos incertos

Os freelancers costumam ter mais trabalho quando as empresas recuam e demitem funcionários para reduzir custos. Neste momento, reveja suas qualidades e se prepare

Jon Younger
Compartilhe esta publicação:
Getty |mages
Getty |mages

Se você estiver em áreas profissionais de alta demanda, principalmente em tecnologia, o impacto pode ser positivo nesse momento difícil

Acessibilidade


O jornal New York Times descreveu as condições atuais do trabalho assim: “Os trabalhadores juniores entraram em 2022 esperando mais um ano de ofertas abundantes. Em seguida, o mercado de ações afundou, a Rússia invadiu a Ucrânia, a inflação disparou e as taxas de juros subiram. Ao invés de abrir o capital, as start-ups começaram a cortar custos e demitir funcionários.”

Em um tweet, um conhecido fundador de venture capital opinou que os investidores estavam se animando com as demissões. “As empresas estão com o dobro de pessoas que precisam”, tuitou Marc Andreesen. “As maiores empresas têm excesso de pessoal em quatro vezes ou mais.” Suas frustrações não são totalmente surpreendentes.

Leia também: A novidade da geração Z: filmar a demissão e postar no Tik Tok

“Das 17 empresas do portfólio da Andreessen que se tornaram públicas com avaliações iniciais de R$ 5 bilhões ou mais nos últimos 18 meses. Todos exceto um estão sendo negociados abaixo do preço de oferta. E mesmo o único – o Airbnb – caiu em relação ao preço de fechamento do primeiro dia”. Por fim, o Layoff Tracker observa que 57 empresas relataram demissões desde o início do março, incluindo Better.com, a empresa de hipotecas cujo CEO demitiu centenas na infame chamada do Zoom.

Essas manchetes e estatísticas deprimentes levam à provável conclusão de que uma recessão provavelmente afetará a economia freelance no próximo ano e talvez mais cedo. Isso afetaria plataformas e freelancers individuais em jeitos diferentes.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Freelancers em TI estão em alta

Se você estiver em áreas profissionais de alta demanda, principalmente em tecnologia, o impacto pode ser positivo em vez de negativo. Por exemplo, a Upwork relata que, entre suas habilidades mais demandadas, aquelas com crescimento ano a ano (YoY) particularmente forte incluem áreas como programação web (43%), web design (31%) e marketing de mídia social (25%).

Os freelancers costumam ter um bom desempenho durante os ciclos econômicos quando as empresas recuam e demitem funcionários permanentes para reduzir custos fixos, mas precisam de ajuda contínua com projetos críticos. Como um artigo recente da Forbes colocou: “Os freelancers costumam ser mais atraentes para os empregadores durante uma recessão. Um único proprietário ou consultor freelancer não requer o pacote de benefícios pesados ​​de um empregado em tempo integral, incluindo seguro de saúde ou folga remunerada.”

“Um freelancer também está disposto a trabalhar de maneira mais flexível ou à la carte. Ao invés de um salário de 40 horas por semana, um consultor geralmente trabalha de 10 a 15 horas horas por semana enquanto ainda entrega o que uma empresa precisa para manter as luzes acesas, preencher lacunas e gerar impulso para a frente.” Mas muitos profissionais dentro e fora da tecnologia serão afetados pela desaceleração econômica.

Você pode ser um dos 60 milhões de profissionais que são freelancers em tempo integral ou funcionários com um side-gig ativo, ou um fundador de plataforma freelancer se perguntando como pode se preparar.

Não há resposta certa, mas é importante fazer uma análise antecipada do seu negócio, avaliar prováveis ​​contingências e identificar formas de reduzir a vulnerabilidade. Aqui estão várias abordagens que podem ajudar a definir seu risco e tomar as medidas necessárias.

Hackathon pessoal

Criado por Tal Shmueli, um empresário israelense, o hackathon pessoal é uma maneira de identificar pontos fortes e fracos que afetam seu sucesso durante a recessão: pergunte a colegas que o conhecem bem e serão honestos no que você é melhor e no que você pode melhorar. Em seguida, absorva, identifique e execute ações específicas que permitam que você ou sua plataforma melhorem significativamente.

Conserte o telhado enquanto o sol está brilhando

A maioria dos economistas espera um trecho difícil, mas o mercado ainda será bastante aquecido para os freelancer. E, portanto, é um momento feliz para abordar necessidades de melhoria em sua prática pessoal ou na sua plataforma. Como diz o ditado: “A melhor hora para consertar o telhado é quando o sol está brilhando”. Quais investimentos podem ser implementados rapidamente com um conhecimento seguro de retorno forte? Sua atual cartela de clientes projetada para seis meses é forte o suficiente? Existem maneiras de proteger sua previsão de riscos? Se for um líder de plataforma, você tem a combinação certa de freelancers? Você tem acesso a outras redes de talentos conforme necessário? Os problemas operacionais foram ignorados e devem ser corrigidos? Este é o momento certo para adicionar automação à plataforma ou melhorar a administração do seu negócio?

Planejamento de demanda

Mais e mais plataformas começaram a se concentrar no planejamento de demanda, ajudando os clientes a identificar os requisitos de trabalho nos próximos trimestres. Duas vezes por ano, a Catalent envolve as necessidades de clientes de projetos futuros. A Gigged.ai na Escócia recentemente implementou um processo semelhante. Plataformas mais centradas na empresa, como Toptal.com reconhecem o valor do contato contínuo por meio de parceiros que constroem relacionamentos com clientes importantes.

Teste de stress

Se você trabalhou com bancos durante a Grande Recessão de 2007, você testou a resiliência financeira do seu negócio pessoal ou da plataforma que você fundou contra um impacto financeiro significativo. Qual é o impacto de uma redução de receita de 10% em seu negócio? Que tal 20%? Você poderia se dar ao luxo de perder um ou mais dos seus três principais clientes? E se os clientes pressionarem para desacelerar os cronogramas dos projetos ou renegociar as taxas?

Análise de cenário

Pense na análise de cenário como um teste de stresse com ambição e imaginação. O teste de stresse identifica sensibilidades e oferece uma melhor compreensão do impacto da recessão em sua prática ou plataforma freelance. Agora, o que fazer sobre isso? Os cenários ajudam você a testar diferentes opções, por exemplo, se é melhor aumentar a saída ou cortar custos. A 9am.works, uma nova plataforma, foi o resultado de um pensamento de cenário na Codecontrol.io, uma plataforma de tecnologia alemã de sucesso.

Pesquisa e ação

Você sabe que precisa mudar? Então, comece, usando testes ágeis. Um exemplo: Gabe Greenberg da G2i.co é movido por uma visão de saúde para trabalhar tanto para a equipe da plataforma quanto para os membros freelance. Uma inovação recente: mudar para uma semana de trabalho de quatro dias. Em vez de debater interminavelmente, ele e sua equipe testaram extensivamente, certificando-se de uma boa comunicação com os clientes, e como garantir que o cliente e o freelancer tivessem cobertura para os problemas que surgiram.. Em tempos difíceis, isso faz a diferença.

Encontre um bom treinador ou conselheiro

Ter um guia é fundamental ao entrar em um território novo. Uma das contribuições mais úteis é a compreensão das consequências não óbvias e não lineares de diferentes cursos de ação. Cada uma dessas abordagens é testada e o uso disciplinado ajudará tanto freelancers e empreendedores a identificar e tomar as ações necessárias para manter o funcionamento do negócio e os clientes bem atendidos.

Inscrições para Forber Under 30 2022

 

Compartilhe esta publicação: