Porto Digital antecipa crescimento, mesmo com pandemia

Divulgação
Porto Digital: otimismo das empresas do Recife em relação a oportunidades de negócio, mesmo com a pandemia

Uma nova pesquisa feita entre as integrantes do ecossistema de inovação Porto Digital revela o otimismo das empresas do Recife em relação a oportunidades de negócio. Segundo o estudo, feito entre 30 de abril e 8 de maio entre os participantes do ecossistema de inovação recifense, 48% das empresas de todos os tamanhos esperam um faturamento melhor do que 2019 neste ano. Outro dado que chama a atenção é que a quase totalidade das 68 empresas consultadas (91%) antecipam mais trabalho no setor de tecnologia no final da quarentena.

Por outro lado, os atores do parque tecnológico sentem o impacto imediato de não poder fazer negócios de forma presencial: 93% relataram a dificuldade de fechar negócios, já que o networking foi restrito por medidas de isolamento social. O cancelamento de contratos também é uma preocupação, sobretudo das pequenas empresas do ecossistema recifense: 67% delas disseram ter sido impactadas por este problema, em comparação a 25% das grandes empresas.

Outro problema relatado entre as empresas consultadas, das quais 93% estando operando em regime de home office, é a saúde mental dos funcionários, citado por 40% como outro grande problema enfrentado para as empresas durante este período. Por outro lado, 31% reportam não terem notado problemas durante este período e só 16% acreditam que tiveram queda de produtividade.

LEIA MAIS: Criadores do Porto Digital apoiam reinvenção do ecossistema de inovação em Manaus

Entre as empresas do Porto Digital que participaram do estudo, 46% ainda estão contratando. Destas, 5% reportaram um pico de contratações, enquanto 29% tiveram o mesmo volume de antes da crise e 12% estão contratando para projetos relacionados à pandemia, mesmo durante a quarentena. Entre as empresas grandes (com faturamento acima de R$ 40 milhões), o percentual alcança 50%.

Angelica Mari é jornalista especializada em inovação há 18 anos, com uma década de experiência em redações no Reino Unido e Estados Unidos. Colabora em inglês e português para publicações incluindo a FORBES (Estados Unidos e Brasil), BBC e outros.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).