CDL de Porto Alegre anuncia programa de aceleração

arte sobre foto/getty images

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre anunciou um programa de inovação para conectar startups de todo o Brasil ao setor do varejo. A iniciativa propõe uma transformação 360° do mercado varejista com um olhar para o futuro a partir da implementação de soluções que qualifiquem e desenvolvam empresas para superar desafios que, nesse período de incertezas, é fundamental para preparar as empresas ao novo momento que virá.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

O programa será executado em sete etapas, com início na seleção das startups e término com a premiação e a aceleração das vencedoras. Com a mentoria da Grow+ e da Anlab , a iniciativa vai selecionar projetos a partir de sua aplicabilidade nas áreas de cultura digital, com soluções para capacitações, treinamentos, gamificação e ações de engajamento; eficiência operacional, para conectar todas as pontas de uma operação, desde a logística até as compras; experiência de compra, auxiliando em uma experiência de compra personalizada por meio de novas tecnologias; e inteligência de dados, voltada para captura e análise de dados em cada etapa da jornada de compra.

Além da possibilidade de aceleração, as três startups selecionadas receberão prêmios que podem chegar a R$ 30 mil. A entidade também observará com atenção as soluções apresentadas, com o objetivo de conectar as startups com o varejo, aproximando boas ideias das necessidades do mercado e sua complexidade.

As inscrições vão até o dia 17 de julho.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).