Nubank esclarece “sumiço” de dinheiro na conta de clientes

Divulgação
Divulgação

David Vélez, sócio e cofundador do Nubank

Desde a noite de ontem (7), uma série de reclamações surgiu nas redes sociais sobre um ajuste feito pelo Nubank nas contas digitais de alguns de seus clientes. Segundo eles, o dinheiro do auxílio emergencial havia desparecido.

Em posicionamento oficial, o banco digital explicou que entre 15 de abril e 10 de junho de 2020, parte de seus clientes que realizou o pagamento de boletos por meio da Caixa Econômica Federal recebeu em sua conta digital uma quantia superior ao valor correto. “O erro ocorreu devido a uma falha no sistema da própria Caixa”, disse o comunicado. Segundo Forbes apurou, essa diferença, em vários casos, foi o dobro do montante, o que sinaliza uma possível duplicidade de operação.

LEIA MAIS: Nubank divulga proposta de open banking e realiza webinar

“Assim que fomos informados pela CEF sobre a situação, comunicamos nossos clientes sobre o equívoco e, seguindo as recomendações da própria Caixa, iniciamos um processo de estorno dos valores excedentes de volta para o banco estatal”, continua o comunicado.

Mas o problema não parou por aí. Por causa da inconsistência dos dados fornecidos pela CEF, o Nubank suspendeu a operação até que esclareça o imbróglio. Enquanto isso não acontece, a instituição financeira optou por reverter os valores aos seus clientes. “As pessoas afetadas já foram contatadas e receberam os valores em suas contas. A empresa aguarda esclarecimentos adicionais da CEF”, finaliza o comunicado.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).