Open Banking, Neon, BeApp, Vale do Dendê, FedEx, iFood, FitBank, Arezzo, CaZco Digital & JBS

arte sobre foto/getty images

BC adia entrega da estrutura de Open Banking

O Banco Central (BC) anunciou o adiamento em uma semana da entrega da estrutura do open banking, um modelo que propõe descentralizar o mercado financeiro, permitindo que os clientes tenham mais controle de seus dados e acesso à mais produtos e serviços a um menor custo, bem como mais competitividade no setor. O motivo do adiamento é o curto prazo que as associações que vão compor a estrutura de governança do modelo tiveram para firmar um contrato entre elas e tirarem suas dúvidas sobre o que precisam entregar. Apesar do adiamento, que vai até o dia 24, as demais etapas do cronograma estão mantidas.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram
t.me/forbesinsider

****
Neon compra Magliano Invest

A fintech Neon Pagamentos comprou a corretora Magliano Invest, como parte de um plano para aumentar a oferta de investimentos para seus clientes. A estrutura e os funcionários da Magliano serão incorporados à Neon – a operação não inclui a carteira de clientes da corretora. A transação está sujeita à aprovação dos órgãos reguladores.

****
Divulgação

BeApp estreia no Brasil

O aplicativo BeApp acaba de iniciar operações no Brasil com uma agenda de 365 dias consecutivos de shows com artistas brasileiros de todos os gêneros. A festa de aniversário digital de Luísa Sonza (foto), realizada ontem (16) para anunciar oficialmente a nova plataforma de streaming, registrou mais de 7 milhões de interações. A programação dos próximos dias inclui Tulipa Ruiz, Rashid e Emicida.

****
QINTESS anuncia R$ 10 milhões para fomentar empreendedorismo

A empresa de tecnologia QINTESS anunciou um investimento de R$ 10 milhões nos próximos cinco anos para apoiar e fomentar o empreendedorismo, a diversidade e a inovação social no Brasil. A primeira organização a receber apoio será a Vale do Dendê, centro de inovação para as periferias da cidade de Salvador. Estão previstos recursos para treinamentos e capital semente destinados a jovens afrodescendentes e negócios que trabalham com o tema da diversidade.

VEJA TAMBÉM: Vale do Dendê potencializa inovação na periferia de Salvador

****
divulgação

FedEx anuncia ganhadores de seu programa para pequenas empresas no Brasil

A FedEx Express, subsidiária da FedEx Corp., anunciou os vencedores do Programa FedEx para Pequenas Empresas no Brasil. A Biciquétinha, que oferece uma solução em madeira para o veículo de duas rodas para crianças, ficou em primeiro lugar e receberá R$ 100 mil para investir em seu alcance internacional e na expansão dos negócios. O segundo lugar foi para a Da Tribu, marca de moda sustentável que respeita os saberes tradicionais dos povos da floresta, que ganhará R$ 40 mil. A terceira colocação – e R$ 20 mil – ficou com a Preza, estúdio de design que trabalha com inovação e sustentabilidade. Ao contrário das edições anteriores, a versão 2020 ampliou para cinco o número de premiados. As outras duas foram a Levh Rio, que cria moda praia a partir de nylon regenerado proveniente de redes de pesca, e a Saboaria Rondônia (foto), indústria de cosméticos de Rondônia idealizada e gerenciada por mulheres rurais, que também receberão R$ 20 mil. Todas elas terão direito a uma mentoria de negócios com o investidor Renato Mendes.

****
iFood aumenta base de restaurantes em 30% durante a pandemia

A base do iFood, que era de, aproximadamente, 120 mil restaurantes antes da pandemia, ganhou 40 mil novos parceiros desde o início da crise. São restaurantes que não só digitalizaram o negócio, mas tiveram que aprender a operar o delivery. “A maior parte deles conseguiu não só entrar e entender o serviço de entregas, como ganhar clientes”, conta Diego Barreto, CFO e CSO da plataforma. “Mais do que crescimento das plataformas de delivery, o que vemos com destaque nos últimos quatro meses é uma mudança nos hábitos dos consumidores. As pessoas estão comprando mais comida pelo aplicativo não só para deixar de passar uma hora cozinhando, mas também por ter mais opções de alimentação.”

****
FitBank recebe investimento do J.P. Morgan

O FitBank, fintech brasileira que atua no segmento de Banking as a Service, anunciou ter recebido um investimento estratégico do J.P. Morgan. Desde 2015, quando iniciou sua oferta de serviços, a empresa vem ampliando sua carteira de clientes ao disponibilizar infraestrutura para empresas e fornecedores de serviços financeiros que desejam oferecer meios de pagamentos digitais diretamente para sua base de consumidores. “Este é nosso primeiro investimento estratégico na América Latina na indústria de pagamentos”, disse Renata Vilanova Lobo, diretora de wholesale payments do J.P. Morgan. O valor do aporte não foi revelado, mas vai suportar o plano de expansão da fintech, que inclui novos produtos.

****
Divulgação

Arezzo abre primeira loja omnicanal

Localizada no Shopping Morumbi, zona sul de São Paulo, a marca de calçados e acessórios Arezzo lançou sua primeira loja com uma experiência de compra baseada no conceito omnichannel, conectando todos os canais de compra da marca. O espaço de 170 metros quadrados contará com pagamentos sem contato, além de uma área de entrega e retirada de produtos comprados online e a possibilidade de comprar produtos que não tenham sido encontrados na loja através do site. A inauguração foi hoje (17), às 12h, com uma live interativa no canal do YouTube da marca.

****
CaZco Digital projeta crescimento de 140% em 2020

Graças ao interesse crescente das empresas em adotar novos modelos de venda, a CaZco Digital, empresa especializada em marketplace e estratégias omnichannel, prevê um crescimento do faturamento da ordem de 140% em 2020. “Saltaremos de uma receita de R$ 2,5 milhões para cerca de R$ 6 milhões este ano”, projeta Henri Claude Le Bourlegat, fundador e CEO do negócio. A empresa oferece o Marketplace Solution as a Service, solução que possibilita a oferta integrada de produtos de diversos fornecedores.

****
Aplicativo brasileiro de transporte de gado pretende revolucionar o setor

Para viabilizar a participação de pecuaristas de pequeno, médio e grande portes em um sistema qualificado de transporte animal, contribuindo com o crescimento da cadeia produtiva do setor de alimentos, a transportadora da JBS investiu na criação do UBOI. Segundo a empresa, este é o primeiro aplicativo brasileiro de transporte de gado. A inovação poderá ser utilizada, inicialmente, por produtores dos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Vale do Araguaia (MT), mas a ideia é que, nos próximos meses, o serviço também seja oferecido para outras regiões do Brasil que contam com operações da JBS. O app permitirá o acesso dos pecuaristas à frota da companhia, que conta com quase 3 mil veículos, entre próprios e de parceiros, que rodam por todo o país.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).