Investimentos em IA, Agrofy, Carrefour, TIVIT, Google, HSBC & Muito Mais

TENDÊNCIAS GLOBAIS

Empresas aumentam ou mantêm investimento em IA na crise

Corporações globais têm mantido ou reforçado seus investimentos em inteligência artificial (IA) desde a emergência da pandemia do novo coronavírus, segundo um novo estudo da empresa de pesquisa Gartner com cerca de 200 tomadores de decisão em tecnologia. A pesquisa mostra que 42% das empresas mantiveram seus projetos inalterados mesmo com a crise e 24% das organizações aumentaram seus investimentos em IA. Os principais objetivos são otimização de custos, retenção e experiência dos clientes, bem como aumento de receita.

De acordo com a pesquisa, 79% das organizações estavam explorando ou testando projetos de IA, enquanto somente 21% afirmaram que suas iniciativas relacionadas à área já estavam em produção. Nos próximos meses, 75% dos entrevistados afirmam que continuarão ou iniciarão novas iniciativas de IA. Segundo Frances Karamouzis, vice-presidente de pesquisa do Gartner, os projetos de IA seguem “inabaláveis”, apesar da crise. “No entanto, a dificuldade de colocar as iniciativas de inteligência artificial em prática destaca a incapacidade de muitas organizações de conectarem esses investimentos com a retomada dos negócios”, afirma.

No que diz respeito aos entraves para organizações que não conseguem avançar suas agendas de IA, o Gartner diz que a frequentemente citada falta de talentos para trabalhar com isso é um “mito”. Outra pesquisa, realizada com 607 líderes de tecnologia, mostra que só 7% consideram expertise uma barreira. Por outro lado, preocupações com segurança e privacidade, junto com a complexidade de integrar a IA à infraestrutura existente, estão no topo da lista.

****
Luiz Alvarez/Getty Images

TENDÊNCIAS NACIONAIS

Pandemia aumenta interesse de consumidores por aparelhos com assistência por voz

Consumidores brasileiros preferem marcas cujos serviços tenham a funcionalidade de assistência por voz, segundo uma pesquisa realizada pela consultoria de data science Ilumeo. Entre os 1.100 participantes do estudo online realizado entre março e julho de 2020, 61% gostariam de utilizar mais aparelhos controlados por voz durante a pandemia. Quase metade dos participantes (47%) afirmou utilizar mais aparelhos eletrônicos controlados pela tecnologia desde o início da crise.

Um em cada cinco brasileiros usa a tecnologia de assistência por voz diariamente e quase metade (48%) a utiliza pelo menos uma vez por semana. Para 63%, tornou-se comum ver alguém controlando dispositivos através da voz, para 84%, usar a voz como comando é mais prático do que digitar e 76% citaram a conveniência de executar diversas tarefas simultaneamente oferecida pelo recurso.

A procura por informações em mecanismos de busca é o comando mais utilizado quando o brasileiro utiliza a assistência por voz, comando citado por 87% dos participantes. Transformar fala em texto foi um comando citado por 57%, e realizar operações bancárias foi mencionado por 18%. As marcas imediatamente associadas à assistência por voz foram Google (72%) e Apple (45%). Vivo e Bradesco, que investiram em suas próprias plataformas de assistência por voz e inteligência artificial, foram citadas por 6% e 3% dos participantes, respectivamente.

Segundo o estudo, 54% disseram que o recurso de ativação por voz tem sido mais útil. A percepção de valor de recurso de assistência também está influenciando as decisões de compra: 58% dos consumidores pretendem aderir ao uso de assistência por voz através de smartphones, ao passo que 54% pretende comprar uma TV inteligente para usar o recurso. Smartwatches ativados por voz foram citados por 37% dos consumidores consultados, na frente de aparelhos como computadores (31%) e smart speakers (27%).

No que diz respeito a privacidade de dados processados por assistentes virtuais por voz, pouco mais da metade dos participantes declararam sentir algum incômodo ou desconfiança, mas somente 22% enxergam isso como entrave para o uso. O preço dos aparelhos é uma barreira maior, citada por 43% dos participantes, bem como o fato da assistente por voz não entender com precisão o que é pedido, citado por 33% das pessoas consultadas.

Digitalização da Covid-19 reinventa o lar do brasileiro

A configuração do ambiente doméstico e as aspirações dos brasileiros para seus lares mudaram completamente com a digitalização trazida pela pandemia. Uma nova pesquisa com 1.537 consumidores em todo o país pelo instituto de pesquisa e monitoramento de mercado Hibou sugere que o grau de insatisfação com a casa cresceu após o isolamento, com 49% dos entrevistados se dizendo menos satisfeitos com o local onde vivem.

Segundo a pesquisa, 57% dos consultados agora ocupam a sala de estar com muito mais frequência e o home office ganhou protagonismo, já que 57% pretendem continuar trabalhando em casa. Quando o assunto é o trabalho remoto, 59% dos entrevistados pretendem continuar com esse formato mesmo quando for possível trabalhar fora e 61% consideraria um espaço em seu próprio condomínio residencial para evitar deslocamentos.

Hábitos no ambiente digital que viraram rotina depois da pandemia devem dar o tom da nova configuração do ambiente doméstico, segundo a pesquisa. A casa conectada é uma prioridade: 41% dos participantes gostaria que imóveis já viessem com fornecimento de internet de alta velocidade e 30% acreditam que eletrodomésticos conectados são um caminho sem volta.

****
CAPTAÇÃO

Fuse Capital investe na fintech Vexi

A fintech mexicana Vexi acaba de receber um investimento via crédito da Fuse Capital, gestora de venture capital brasileira cujo fundo mescla investimentos em equity com venture debt . A startup, sediada na Cidade do México, está no mercado desde 2016 e tem como missão incluir os jovens do país latino no mercado financeiro a partir da tecnologia. Segundo os sócios da empresa, o investimento recebido será aplicado em ferramentas para a ampliação da base de usuários da fintech. Para Guilherme Hug, sócio e cofundador da Fuse Capital, a união com a Vexi é a oportunidade de acessar cada vez mais o mercado de crédito na América Latina. “A região como um todo tem muito potencial a ser explorado. Entendemos que a tecnologia pode ser um vetor para a inclusão de mais pessoas ao mercado financeiro.” O valor do investimento não foi revelado.

Agrofy recebe aporte da FoF Capria

A Agrofy, marketplace do agronegócio, recebeu um aporte da FoF Capria, player do setor financeiro que tem como foco mercados emergentes e que conta com investidores âncora como Paul Allen, Ford Foundation e Bill Gates. É a primeira vez que o fundo, que tem grande foco no social e ambiental, investe em uma empresa de agro. “”Receber um aporte de um grupo tão importante, fora de uma rodada de investimentos, mostra que estamos ganhando cada vez mais projeção mundial, saindo dos limites da América Latina”, comemora Maximiliano Landrein, CEO da Agrofy. No final de 2019, a Agrofy recebeu aporte de US$ 23 milhões, sendo a 6ª maior rodada de investimentos do mundo.

****
CRESCIMENTO

Fintech de consignados cresce 1.200% em um ano

A fintech de empréstimo consignado bxblue registrou, em um ano, crescimento de 12 vezes graças à sua tecnologia para desburocratizar o acesso ao empréstimo consignado. Impulsionada pelo crescimento das startups do setor financeiro, pela melhor aceitação das transações financeiras pela internet e pela pandemia, que obrigou muita gente a migrar para o online, a empresa diz que continua apostando na transparência e na educação financeira para seguir ganhando mercado. “Atendemos todos os dias muitos idosos e vários deles não tinham familiaridade com a internet até pouco tempo. Fazer uma transação financeira então, era impensável. Ter ferramentas para isso é também democratizar a rede, deixá-la mais acessível para que todas as idades aproveitem as suas vantagens”, diz Roberto Braga, cofundador da bxblue.

Fintech de crédito imobiliário cresce mais de 440% nos últimos meses

A CrediHome, plataforma digital de crédito imobiliário, registrou um crescimento de 446% desde o início do ano. Entre os serviços ofertados pela fintech estão o financiamento imobiliário e o crédito com garantia imobiliária, também conhecido como home equity, uma modalidade que permite solicitar um empréstimo com crédito imediato com taxas menores do que as oferecidas pelo mercado. Só em volume de financiamentos em comparação a 2019, a empresa teve um crescimento de mais 346%. Com o home equity, o aumento da demanda pelo produto foi superior a 465%.

***
O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

Carrefour lança nova plataforma de e-commerce

Como parte dos avanços da digitalização do seu ecossistema, o Carrefour anunciou uma nova plataforma de e-commerce. Com isso, a empresa avança na integração ágil de seus sistemas internos e externos para oferecer uma experiência mais unificada para seus vcientes. A nova plataforma tem impactos positivos em todos as frentes do negócio – da gestão de pedidos à estrutura de marketplace, passando pelos serviços ominicanais que conectam a operação online com as lojas físicas. O investimento fortalece a atuação do grupo no segmento online e prepara a operação para seu crescimento futuro. Desenvolvida pela VTEX, empresa especializada em tecnologia e software de e-commerce, a nova plataforma do Carrefour.com será a base para a escala e evolução do negócio, no curto e no longo prazo

TIVIT investe R$ 20 milhões em hub de inovação

A TIVIT, multinacional brasileira de tecnologia, anunciou o TIVIT LABS, um hub criado para acelerar a inovação e impactar o ecossistema de clientes e parceiros. O espaço é, segundo a companhia, mais do que um centro de inovação – ele reunirá profissionais especializados em desenvolvimento ágil, desenvolvimento de produtos digitais, áreas para meetups, hackatons e seminários, além de um coworking que receberá as startups investidas pela TIVIT, clientes e parceiros. O TIVIT LABS ocupará um andar de um prédio localizado na região da Berrini, em São Paulo, a poucos quilômetros da sede da empresa, em Pinheiros. No total, a empresa está investindo R$ 20 milhões na iniciativa, que receberá os mais de 70 profissionais que atuarão por lá. O espaço físico tem previsão de inauguração para dezembro deste ano.

Apto e Creditas fecham parceria para facilitar troca de imóvel

O Apto, plataforma que conecta potenciais compradores de imóveis novos a construtoras e empreendimentos em todo o Brasil, fechou uma parceria com a Creditas para permitir que o comprador (pessoa física) utilize o seu imóvel ou o seu veículo como garantia para conseguir crédito para comprar ou reformar um imóvel. A novidade vale também para abrir um negócio, estudar ou concretizar qualquer outro plano, com taxas de juros que começam a partir de 0,84% ao mês. A parceria é uma forma de impedir que o proprietário de um imóvel deixe de aproveitar uma oportunidade, como um apartamento novo por um bom preço, porque não consegue vender o atual. Em alguns casos, a solução permite começar a pagar pelo empréstimo somente 12 meses após a contratação e em outros, é possível ter três meses de carência. O crédito varia de R$ 5 mil a R$ 3 milhões e o prazo para pagar é de até 20 anos.

Vadym Terelyuk/Getty Images

Gympass anuncia versão infantil

O Gympass, plataforma de benefício corporativo holístico de bem-estar, anuncia o lançamento do Gympass Kids com uma seleção de atividades esportivas, de educação, mindfulness e culturais para crianças de cinco a 13 anos. A partir deste mês, o Gympass lançará a versão Beta para clientes selecionados no Brasil. O novo produto será disponibilizado em outros mercados na América Latina, América do Norte e Europa nos próximos meses. Por aqui, o Gympass Kids contará com atividades físicas individuais (como natação, balé, ginástica e artes marciais); atividades físicas relacionadas a esportes e trabalho em equipe (como futebol, basquete e futebol); atividades familiares (aulas de bootcamp e atividades temáticas para suar a camisa); mindfulness (com meditações guiadas, histórias para dormir); e atividades para brincar e aprender (cursos acadêmicos, artes e músicas). O pai ou a mãe precisam ter uma conta do Gympass com um plano ativo para poder assinar o Gympass Kids, que tem duas opções de planos, de R$ 35 e R$ 99,90.

HSBC lança internet banking corporativo no Brasil

O HSBC anunciou o lançamento da página brasileira da rede HSBCNet, uma plataforma online para contas corporativas, já disponível em diferentes países e idiomas. Essa nova plataforma de serviços financeiros digitais oferece serviços especializados para multinacionais e grandes empresas com negócios no exterior ou com necessidades internacionais, com atendimento 24 horas por dia em português, inglês e outros idiomas. “O principal diferencial do HSBCNet no Brasil é a sua atuação de banco global: por meio de uma plataforma amigável, as empresas poderão visualizar todas as suas contas bancárias e controlar suas transações. Biometria e soft e hard token são disponibilizados para facilitar a movimentação financeira, do banco online e do aplicativo mobile”, explica Marco Siqueira, country head de global liquidity and cash management da instituição financeira. “Essas organizações vão se beneficiar de uma ferramenta global que possibilita todas as suas transações financeiras em um só lugar”.

Divulgação

Buser dá mais de 10 milhões de viagens gratuitas

A plataforma online de fretamento colaborativo de ônibus de turismo Buser lançou a “Cidades Viajam de Graça’, campanha que dá uma viagem gratuita para todos os moradores de 28 cidades, o que equivale a pouco mais de 10 milhões de pessoas. Para participar, moradores de Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Catanduva, Franca, Marília, Mogi Guaçu, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté, no estado de São Paulo; Governador Valadares, Ipatinga, Itajubá, Juiz de Fora, Passos, Patos de Minas, Pouso Alegre, Ubá, Uberaba e Uberlândia, em Minas Gerais; Goiânia e Vitória, em Goiás e Espírito Santo, respectivamente, necessitam se cadastrar no aplicativo ou no site da empresa e reservar a viagem utilizando o CPF, o que dá direito a uma por pessoa. Segundo Marcelo Abritta, cofundador e CEO da Buser, a ideia é proporcionar à população uma experiência diferente no que diz respeito a viajar de ônibus. “Preço justo, conforto e segurança são nossos pilares, e com essa ação todos que ainda não conhecem a Buser vão poder experienciar pessoalmente o nosso serviço diferenciado.”

Linker entra para lista de empresas comprometidas com a agenda da ONU Mulheres

Em outubro, o Linker, conta PJ digital e plataforma de soluções financeiras 100% focada no empreendedor, assinou a Carta de Princípios de Empoderamento das Mulheres da ONU. Com a iniciativa, a fintech passa a fazer parte da rede global das Nações Unidas de instituições que assumem publicamente o compromisso de promover a agenda de equidade de gênero no ambiente de trabalho ao lado de empresas como Oracle, Visa e B3, entre outras. “São medidas que todos podemos tomar no ambiente de trabalho, mercado e comunidade para incentivar lideranças femininas, trazendo benefícios para toda sociedade em que vivemos”, diz David Mourão, CEO e cofundador do Linker.

****
IMPACTO SOCIAL

Plataforma vai disponibilizar tecnologia e serviços para o Semiárido

Com o objetivo de aproximar e integrar a geração de conhecimento e a sua aplicação como instrumento para alavancar o desenvolvimento regional sustentável, está em construção uma plataforma digital que vai agregar soluções tecnológicas para a convivência com o Semiárido. A Plataforma Sabiá vai disponibilizar serviços e produtos criados por institutos de ciência e tecnologia, além de empresas de startups de base tecnológica. O projeto, que recebeu investimento federal de R$ 1 milhão, é uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e a Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa). A expectativa é que o painel digital seja lançado ainda em 2020 e que também seja criada uma versão para aplicativo de celular.

****
Divulgação

TECNOLOGIA DO BEM

Google lança chamadas verificadas para combater golpes telefônicos

O Google anunciou uma funcionalidade no Android que tem o objetivo de evitar spam e fraude no telefone e, ao mesmo tempo, ajudar empresas legítimas a transmitir maior confiança e segurança aos clientes. A partir desta nova função, os usuários que têm o aplicativo Google Phone configurado como padrão para gerenciar chamadas em seus dispositivos, além de confirmar que se trata de uma fonte verificada – por meio de uma marca azul -, verão o nome na tela e uma breve descrição do motivo da chamada. Esta opção funciona com as empresas que se cadastraram para fazer parte deste programa e suas chamadas aparecerão como verificadas nos dispositivos dos clientes. Os países com cobertura são Estados Unidos, México, Brasil, Espanha e Índia.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
You-Tu~TY]be
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).