Inter (BIDI11) retoma planos para listagem de ações em Nova York; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Santander, Caixa, Fleury, Petrobras, Vale, Banco Modal e Eztec.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (18), o Banco Inter informou que retomou os planos para a reorganização societária que resultará na migração de sua base acionária para a Inter & Co, com a listagem de suas ações na Nasdaq, em Nova York, e negociação de BDRs.

Já o Santander informou que foi aprovada a distribuição de dividendos intercalares no montante de R$ 700 milhões, e de JCP (juros sobre o capital próprio) no montante bruto de R$ 1 bilhão.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

Banco Inter (BIDI11)

O Banco Inter informou que retomou os planos para a reorganização societária que resultará na migração de sua base acionária para a Inter & Co, com a listagem de suas ações na Nasdaq, em Nova York, e negociação de BDRs.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A incorporação da totalidade das ações de emissão do Inter pela Inter Holding Financeira (HoldFin) será realizada por seu valor patrimonial contábil, resultando na emissão, pela HoldFin, em favor dos acionistas do Inter titulares de ações ordinárias e preferenciais de sua emissão, inclusive titulares de units.

Para cada 6 ações ordinárias e/ou preferenciais de emissão do Inter, será entregue 1 PN resgatável de emissão de HoldFin. Já para cada 2 units do Inter, será entregue 1 PN resgatável de emissão da HoldFin. O cash-out do banco estará limitado a R$ 1,13 bilhão, valor equivalente a 10% do total de ações do Inter em circulação.

Santander (SANB11)

O Santander informou que foi aprovada a distribuição de dividendos intercalares no montante de R$ 700 milhões, e de JCP no montante bruto de R$ 1 bilhão, equivalentes a R$ 0,1878 e R$ 0,2683 por unit, respectivamente.

Farão jus aos proventos os acionistas que se encontrarem inscritos nos registros da companhia no final de quarta-feira (20). Os proventos serão pagos a partir do dia 16 de maio.

Caixa Seguridade (CXSE3)

A Caixa Seguridade aprovou a distribuição de dividendos adicionais no valor de R$ 887,3 milhões, equivalente a R$ 0,2957 por ação. Os dividendos serão pagos no dia 29 de abril e terão como base a posição acionária de quarta-feira (20).

Fleury (FLRY3)

O Fleury informou que foi aprovada a realização da 7ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em duas séries, no valor de R$ 700 milhões.

Segundo a empresa, os recursos captados serão destinados para usos corporativos gerais, como reforço de capital de giro e/ou alongamento de passivo da companhia.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras concluiu a oferta de recompra de títulos globais efetuada pela sua subsidiária integral Petrobras Global Finance B.V. (PGF).

O montante total pago aos investidores foi de US$ 1,9 bilhão, considerando os preços ofertados pela petroleira e excluindo os juros capitalizados até a data de liquidação.

Segundo a estatal, a precificação baseada em spread sobre as taxas de referência permitiu que fossem recomprados títulos a níveis atrativos, com prêmios mais baixos, em relação aos oferecidos nas últimas operações correlatas da Petrobras.

Vale (VALE3)

A Vale aprovou a construção de uma ponte ferroviária sobre o Rio Tocantins, em Marabá (PA). O projeto está previsto para ter início em 2027 e contará com investimento total de US$ 830 milhões.

Segundo documento enviado à SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos), o projeto foi aprovado em março deste ano e vai aumentar a capacidade da Estrada de Ferro Carajás (EFC), melhorando o fluxo de tráfego ferroviário e mitigando riscos de negócios.

Banco Modal (MODL11)

O Banco Modal informou que concluiu a aquisição de participação equivalente a 11,25% do capital social da KeyCash, sem mencionar os valores da operação.

A KeyCash é uma fintech que visa proporcionar uma experiência ágil, prática e totalmente digital para que imóveis sejam usados como garantia de crédito.

EzTec (EZTC3)

A EzTec registrou vendas brutas de R$ 351 milhões no primeiro trimestre de 2022, alta de 36% na base anual.

Compartilhe esta publicação: