Computação quântica: tudo que você precisa saber sobre a nova aposta da Meta

No ano passado, a IBM já havia anunciado um processador que duplica a potência de outros super computadores.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

De acordo com a Meta, o investimento em computação quântica suportará o foco da companhia no metaverso (Crédito: Getty Images)

Acessibilidade


A Meta, dona do Facebook, anunciou, na segunda-feira, (24),  que sua equipe de pesquisa montou um novo supercomputador de inteligência artificial que poderá ser  “o mais rápido do mundo quando concluído ainda neste ano”. A Meta disse que seu novo AI Research SuperCluster (RSC) a ajudará a montar melhores modelos de IA e  podem aprender com trilhões de exemplos, trabalhar em centenas de idiomas e analisar texto, imagens e vídeo para determinar se o conteúdo for prejudicial. “Esta pesquisa não apenas ajudará a manter as pessoas seguras em nossos serviços hoje, mas também no futuro, à medida que construímos o metaverso”, disse a Meta, em comunicado.

“As experiências que estamos construindo para o metaverso exigem enorme poder computacional (quintilhões de operações por segundo) e o RSC vai permitir  esse ritmo”, disse o presidente-executivo da Meta, Mark Zuckerberg. No ano passado, a IBM apresentou o Eagle, um processador quântico que duplica a potência de outros super computadores que foram desenvolvidos anteriormente na China. De acordo com um artigo publicado pela revista Science, pelos próprios criadores, o Eagle leva três minutos para resolver problemas que os computadores mais eficientes levariam 600 milhões de anos.

LEIA TAMBÉM: Do delivery aos investimentos, como a computação quântica muda nossa vida

Apesar da ordem de grandeza, a computação quântica nem sempre é fácil de ser compreendida e, em muitos casos, dimensionar seu impacto na vida cotidiana pode ser um desafio. Alexandre Nascimento, professor da Singularity University Brasil e pesquisador de Stanford, indicou dez impactos práticos que a computação quântica trará para a vida de pessoas e empresas que vão além dos objetivos de Meta, IBM e outras empresas:

Dez impactos da computação quântica:

1 – Rapidez

“A computação quântica irá turbinar a velocidade de resolução de problemas computacionais de otimização que hoje não podem ser resolvidos em tempo razoável considerando a longevidade humana. Por exemplo, em 2020, o computador quântico chinês conhecido como Jiuzhang conseguiu realizar em minutos uma operação que um supercomputador levaria mais de 2 bilhões de anos para executar”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

2 – Clima

“Aplicações da computação quântica na previsão do tempo e no monitoramento de desastres naturais permitirão uma precisão muito superior, trazendo mais conforto e principalmente salvando vidas, além de permitir uma resposta antecipada da Defesa Civil para reduzir os prejuízos materiais que tempestades causam para a população”

3 – Trânsito

“Essa tecnologia pode ser utilizada para realizar otimizações que permitem a redução de congestionamentos em grandes centros urbanos”

Modelo de exposição do computador quântico IBM Q System One (Crédito: Misha Friedman / Getty Images)

4 – Delivery

“Com a otimização logística, ela permitirá uma redução no tempo de entrega de produtos e uma queda considerável no frete”

5 – Aplicativos

“Testar um sistema para garantir que ele não tenha problema é uma tarefa árdua e cara, e, pelo número de combinações existentes para sistemas de complexidade, torna-se impossível garantir que todas as condições foram testadas. Com a computação quântica, é possível melhorar a verificação dos sistemas de forma a reduzir a probabilidade de defeitos”

6 – Saúde

“A tecnologia quântica se tornará uma ferramenta importante para o desenvolvimento de novos medicamentos, ajudando a encontrar quais são os princípios ativos com maior probabilidade de se obter os efeitos desejados, e, reduzindo o tempo de desenvolvimento dos novos medicamentos”

7 – Clima

“A capacidade de processamento para modelos complexos da computação quântica em tempo reduzido nos permitirá entender melhor quais são as melhores formas de desacelerarmos a mudança climática ou ainda atuarmos para reverter muitos de seus efeitos”

8 – Investimentos

“Os computadores quânticos trarão modelos mais assertivos para previsão de eventos adversos na economia e no mercado financeiro, bem como permitirá uma melhor otimização do portfólio de investimentos, deixando os investidores menos expostos a eventos inesperados”

9 – Baterias

“A computação quântica já está ajudando empresas do setor automotivo na criação de baterias melhores, com isso, no futuro, novas gerações de baterias com características operacionais superiores estarão à disposição”

10 – Energia

“A tecnologia permite que métodos de otimização sejam utilizados tanto para encontrar a melhor combinação de geração de energia em matrizes híbridas (convencional e renovável) como para encontrar a combinação perfeita para construir infraestrutura de geração de energia solar e eólica”

(Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: