Por que o Brasil é 2º colocado em ranking global de NFTs?

Ranking global da Statista coloca o público brasileiro como early adopter dos tokens não fungíveis a frente de Estados Unidos e China

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Reprodução

A coleção 55 Unity, criada pela brasileira Lumx Studios, possui 3000 NFTs e já bateu recordes de vendas

Acessibilidade


Conhecido por sua paixão por tecnologia, o público brasileiro, que por várias vezes liderou os rankings de tempo destinado a redes sociais, é destaque agora também na adesão aos NFTs, ou tokens não fungíveis na sigla em inglês. De acordo com a consultoria Statista, ao menos 5 milhões de brasileiros já possuem um NFT, cerca de 2,3% da população. Quem lidera é a Tailândia com 5,6 milhões de usuários. O Brasil é seguido por Estados Unidos, China, Canadá e Alemanha. De acordo com o ranking, a alta adesão aos NFTs por aqui tem relação direta à popularidade dos criptogames em blockchain, como o Axie Infinity, por exemplo.

Leia mais: Transações de NFTs já chegam a R$ 144 bilhões em 2022

Uma pesquisa da Chainalysis mostra que, até abril, e levando em consideração algumas quedas consideráveis em fevereiro, os tokens não fungíveis já movimentaram mais de R$ 144 bilhões neste ano, o equivalente a US$ 30 bilhões. No ano passado, o valor total transacionado foi de R$ 192 bilhões, ou US$ 40 bilhões. Apesar de a marca estar próxima de ser superada, o mercado associa os números de 2022 ainda a transações pontuais e volumosas, que sozinhas representam quase da metade do volume total.

O mercado está em alerta porque as transações diminuíram. De janeiro até maio, a média diária de negociações tem sido de quase 20 mil, o que significa uma queda de mais de 90%, segundo o NonFungible. O movimento também ocorre em número de carteiras ativas que são de 14 mil no início de maio, recuo de 88%.

O que é NFT?

É um item único. Um item não fungível. Em outras palavras, NFTs são uma forma de demonstrar propriedade sobre um ativo digital ou um ativo do mundo real representado por um token. NFTs não são reduzidos à arte, apesar de o grande boom ter ocorrido por conta da atratividade pelas artes digitais. Qualquer coisa pode ser um NFT: uma imagem, áudio, vídeo, um nome de domínio, ingressos para shows, álbuns de música, ativos digitais no jogo (por exemplo, uma skin).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Como se cria um NFT ?

O verbo que se referencia à criação de um NFT é cunhar- to mint, do inglês. Cunhagem de NFT é o processo que transforma um arquivo digital em um ativo digital blockchain. É impossível modificar, excluir ou editar um ativo digital registrado na blockchain. No Brasil, já tropicalizamos o termo: uma pessoa pode mintar um NFT. Em outras palavras, é a cunhagem de uma arte que a transformará em um token não fungível para que ele possa ser comprado ou vendido.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: