Yara vende projeto de fosfato à EuroChem por US$ 410 milhões

Scott Audette/Reuters
Scott Audette/Reuters

A Yara pontuou que a mineração de fosfato Salitre continua atraente, mas que o andamento do projeto foi impactado pela pandemia de Covid-19

A empresa norueguesa do setor de fertilizantes Yara assinou acordo com a EuroChem para vender seu projeto de mineração de fosfato Salitre, em Minas Gerais, por um valor equivalente a US$ 410 milhões, informou a companhia ao mercado hoje (02).

A companhia pontuou que Salitre continua atraente, mas que o andamento do projeto foi impactado pela pandemia de Covid-19, além de requerer investimentos de centenas de milhões de dólares.

LEIA TAMBÉM: EXCLUSIVO: De Mato Grosso a São Paulo, Leandro Pinto quer transportar sua gigante produção de ovos por ferrovia

“O desinvestimento de Salitre, portanto, apoia a transformação da Yara, realocando o apetite de capital e risco nos próximos anos para as áreas de foco estratégico da Yara”, disse a companhia no comunicado.

O dispêndio de capital estimado necessário para atingir a conclusão é de magnitude semelhante ao valor de desinvestimento, pontuou a Yara.

Devido ao desinvestimento, a empresa deverá reportar uma redução no valor recuperável de aproximadamente 400 milhões de dólares no terceiro trimestre.

A transação deverá ser concluída em aproximadamente seis meses e está condicionada à obtenção das aprovações regulatórias locais necessárias e às condições habituais de fechamento. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).