Preços do trigo russo avançam acompanhando referências globais

Exportações de trigo desse país caíram 37,7% desde o início da campanha de comercialização de 2021/22 em 1º de julho.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Reuters
Reuters

Grão está entre os mais negociados no mundo

Acessibilidade


Os preços do trigo russo aumentaram ligeiramente na semana passada, após três semanas de quedas, acompanhando os preços mais altos em Chicago e Paris, disse a consultoria agrícola IKAR nesta segunda-feira.

O trigo russo com 12,5% de proteína carregado dos portos do Mar Negro para fornecimento em janeiro foi cotado a US$ 330 a tonelada livre a bordo (FOB, na sigla em inglês) no fim da semana passada, alta de US$ 1 em relação à semana anterior, disse a IKAR.

LEIA TAMBÉM: AgroRound: CerradinhoBio, Sicredi, Cooxupé, BNDES, Rumo, Raízen, Marfrig e outras notícias do campo

A Sovecon, outra consultoria, estima que a cevada caiu US$ 2 , a US$ 297 a tonelada.

As exportações de trigo da Rússia caíram 37,7% desde o início da campanha de comercialização de 2021/22 em 1º de julho, devido a uma safra menor e a um imposto de exportação que aumentará para 94,90 dólares por tonelada esta semana.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Os preços domésticos do trigo na Rússia caíram na semana passada em meio à fraca demanda de exportadores e processadores domésticos, disse a Sovecon, acrescentando que o setor pecuário ainda é o principal comprador do mercado, mas continua reduzindo suas ofertas.

“A aproximação do longo feriado de Ano Novo não levou a um aumento substancial na demanda. Os compradores ainda estão relaxados e não estão se apressando para comprar, já que qualquer aumento nos preços do rublo é limitado por rígidos impostos de exportação”, acrescentou Sovecon.

Compartilhe esta publicação: