Usinas do Brasil aceleram negócios e fixam 2,9 milhões de toneladas de açúcar em janeiro, diz Archer

O total de fixações foi elevado para 64% da expectativa de exportação de 2022/23.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Juan Carlos Ulate/Reuters
Juan Carlos Ulate/Reuters

O total de cerca de 2,9 milhões de toneladas de açúcar com fixações em janeiro teve um preço médio de R$2336 por tonelada

Acessibilidade


Usinas brasileiras fixaram preços na bolsa de Nova York para quase 3 milhões de toneladas de açúcar da nova safra em janeiro, elevando o total de fixações para 64% da expectativa de exportação de 2022/23, afirmou hoje (21) a consultoria Archer Consulting, com base em dados levantados até o dia 31.

O volume com preço fixado em 2022/23 (abril/março) agora é equivalente a 16,3 milhões de toneladas, versus 13,4 milhões de toneladas até o mês anterior.

O total de cerca de 2,9 milhões toneladas com fixações em janeiro teve um preço médio de R$2336 por tonelada (FOB Santos).

Em janeiro, 2,26 milhões de contratos futuros de açúcar foram negociados na bolsa de Nova York, um aumento expressivo de 34,2% em relação ao volume do mês anterior embora ainda 10% abaixo da média mensal dos últimos doze meses.

“O aumento do volume negociado em NY é indicação clara que houve uma aceleração no volume de fixação de contratos de exportação este mês”, destacou a Archer.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

VEJA TAMBÉM: Pesquisa mostra mercado global de açúcar com preços mais baixos em 2022

O volume, contudo, está abaixo do percentual de fixações de 80,5% para a safra 2021/22 na mesma época do ano passado, com usinas mais cautelosas, diante de um possível aumento na produção de etanol.

A consultoria apurou também que o valor médio acumulado de fixação na safra 2022/23 até agora é de US$16,75 centavos por libra-peso, sem prêmio de polarização.

A Archer Consulting estimou que no final de janeiro 12% das exportações da safra 2023/24 já estavam fixadas.

Compartilhe esta publicação: