China comprará mais 40 mil toneladas de carne suína para reservas estatais

A quarta rodada de estocagem este ano tem como objetivo dar sustentação aos preços.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Rodolfo Buhrer/Reuters
Rodolfo Buhrer/Reuters

Os preços da carne suína na China têm oscilado em níveis baixos nos últimos meses

Acessibilidade


O planejador estatal da China disse hoje (8) que comprará mais 40 mil toneladas de carne suína congelada para reservas estatais em sua quarta rodada de estocagem este ano com o objetivo de dar sustentação aos preços.

Os preços da carne suína no maior produtor e consumidor do mundo têm oscilado em níveis baixos nos últimos meses, após um aumento da produção, enquanto as medidas para combater os surtos de Covid-19 prejudicaram a demanda.

Pequim já comprou 118 mil toneladas de carne suína em três rodadas anteriores de estocagem, uma pequena parte da produção do país.

VEJA TAMBÉM: China anuncia para 10 de março a compra de 38 mil toneladas de carne suína congelada

A China produziu quase 53 milhões de toneladas de carne de porco no ano passado, um aumento de 29% em relação ao ano anterior.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Os suinocultores têm sofrido perdas significativas em suas vendas de suínos desde o início de janeiro, e os atuais lockdowns em todo o país destinados a conter os surtos de Covid-19 estão prejudicando ainda mais a demanda.

Compartilhe esta publicação: