Apresentado por       

Daimler Truck aposta tudo em tecnologias verdes e redução de custos

A companhia disse que veículos de emissão zero de carbono deverão ser responsáveis por 100% de suas vendas até 2039.

Redação
Apresentado por       
Compartilhe esta publicação:
Andreas Gebert/Reuters
Andreas Gebert/Reuters

Martin Daum, chefe da Daimler Truck, disse que a empresa pretende liderar no setor de veículos movidos a bateria e células de hidrogênio

Acessibilidade


A Daimler Truck tem meta de reduzir custos e impulsionar lucro em todas as regiões onde atua até 2025 enquanto aposta tudo em veículos movidos a bateria e células de hidrogênio, afirmou hoje (20) a maior montadora de caminhões e  ônibus do mundo.

A Daimler, que fabrica carros de luxo da marca Mercedes-Benz, planeja se separar da Daimler Truck mais para o final deste ano.

LEIA TAMBÉM: Huawei entra de vez no mercado de veículos elétricos

“Ambas as tecnologias (elétrico e hidrogênio) serão necessárias”, disse o presidente-executivo da Daimler Truck, Martin Daum, em apresentação a investidores. “E pretendemos liderar em ambas as tecnologias.”

A Daimler Truck afirmou que veículos de emissão zero de carbono deverão ser responsáveis por até 60% de suas vendas até 2030 e por 100% até 2039.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Na avaliação da Daimler Truck, caminhões elétricos serão usados em distâncias mais curtas, mas as baterias necessárias para viagens mais longas serão muito pesadas e por isso as células de hidrogênio serão necessárias.

Executivos da Daimler Truck afirmaram que a empresa vai cortar custos e investimentos enquanto se concentra em manter margens de dois dígitos na América do Norte. Daum disse que a companhia vai continuar buscando incessantemente metas de lucros maiores tanto na Europa, quanto na Ásia.

“Estamos absolutamente comprometidos em recuperar a lucratividade“, disse Daum. “Temos que entregar isso uma vez que somos uma empresa de capital aberto”, afirmou.

“Isso vai começar primeiro com recuperação na Europa”, acrescentou. “A Europa é nosso maior desafio.”

Até 2025 a Daimler Truck, que disputa a liderança do mercado brasileiro de caminhões e ônibus com a Volkswagen Caminhões e Ônibus, está buscando margens acima de 10% sob condições de mercado favoráveis e de entre 6% e 7% durante situações desfavoráveis, disseram executivos.

A Daimler Truck também planeja cortes de custos com pessoal da ordem de 300 milhões de euros até 2022. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: