Apresentado por       

NotreDame Intermédica compensa 100% das emissões de carbono

Relatório de Sustentabilidade da operadora de saúde revela, ainda, redução de 48% no consumo de energia nos hospitais da rede .

Redação
Apresentado por       
Compartilhe esta publicação:
Anna Stills/Getty Images
Anna Stills/Getty Images

O documento mostra também a redução de 48% do consumo de energia nos hospitais da rede

Acessibilidade


O Grupo NotreDame Intermédica lançou a nova edição do seu Relatório de Sustentabilidade, documento anual desenvolvido de acordo com as diretrizes da GRI (Global Reporting Initiative) Standards. O principal objetivo da publicação é divulgar as práticas ESG (meio ambiente, sociais e de governança) da empresa.

Dentre as novidades estão a adoção de um sistema de carbono neutro dentro da companhia. De acordo com o relatório, houve a compensação de 100% das emissões de CO2 após uma coleta de dados de uma auditoria especializada, o Sistema Climas. Um projeto de compostagem também foi implantado em seis hospitais do grupo, com a conversão de resíduos orgânicos em adubo. A iniciativa, considerada um sucesso pela  equipe, deve chegar nas demais instituições do estado de São Paulo ainda este ano. 

LEIA MAIS: Quase 90% das agroindústrias usam dados sobre desmatamento para tomar decisões

Paralelamente, o documento mostra a redução de 48% no consumo de energia nos hospitais da rede. Com 73% da iluminação composta por LED, a empresa apostou em um sistema de automação das centrais elétricas para  gerar uma economia de cerca de 10% no consumo das unidades. Atualmente, o projeto está funcionando apenas no Hospital e Maternidade Salvalus, em São Paulo. Além dele, entretanto, outros sete prédios da rede própria possuem o “Follow Energy”, um dispositivo para o monitoramento em tempo real do consumo de energia. 

A presidência de ESG também passou por um processo de estruturação no ano passado, com a chegada de um novo VP,  Anderlei Gerhardt Buzelli. Com a remodelação, a empresa busca agregar resultados nos setores de gestão de risco e proteção de dados pessoais. 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“A criação da vice-presidência ESG é um dos sinais claros de avanço do grupo em relação à sustentabilidade com ações de engajamento por parte de todos os seus colaboradores, que recebem a valorização de uma empresa que aposta na diversidade, igualdade de gênero e inclusão inequívoca com respeito às questões raciais e das minorias LGBTQI+”, comenta Buzelli.

DESAFIOS DA PANDEMIA

Orientada por diretores e consultores especializados, o Relatório de Sustentabilidade 2020 buscou analisar os indicadores do Grupo NotreDame e avaliar também os impactos das operações da empresa na pandemia. Em meio as adaptações necessárias para o cumprimento do isolamento social, por exemplo, estão as quase 550 mil teleconsultas prestadas pela empresa no último ano. 

“Este, talvez, tenha sido o ano mais desafiador para toda a nossa geração”, pondera Irlau Machado Filho, presidente do Grupo NotreDame Intermédica. “E ainda estamos travando essa batalha. Eu olho para o futuro com otimismo, porque aprendemos muito com essa crise sanitária. Para nós, do grupo, vislumbro um futuro promissor: somos quase 23 mil colaboradores com espírito de equipe, uma empresa que sabe se antecipar e reagir de forma dinâmica. Isso nos dá vantagem competitiva, de controle e força para continuar com nossa estratégia de crescimento.”

Mesmo diante dos desafios impostos pela crise sanitária, o documento da empresa constatou um crescimento de negócio sustentável. O relatório mostra, ao todo, onze temas e categorias relacionados ao ESG. São eles: crescimento das operações (novo); ética e governança corporativa responsável; geração e descarte de resíduos; eficiência no uso de água e energia; desenvolvimento profissional de médicos e colaboradores; promoção da saúde e prevenção da doença; acesso aos serviços de saúde (novo); atendimento humanizado e de qualidade; bem-estar, saúde e segurança de colaboradores; valorização e retenção de talentos e inovação e pesquisa em saúde (novo).


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: