4 dicas para sua primeira viagem ao Japão

O país é o sonho de muitos turistas, mas poucos conseguem realizá-lo

Kayla Brizo
Compartilhe esta publicação:

O Japão é um dos destinos que as pessoas mais sonham em visitar um dia, mas, muitas delas, nunca chegam lá. Não deixe as barreiras culturais ou do idioma te afastarem deste objetivo. Encontrar um caminho para conquistá-lo não é tão difícil quanto parece.

Acessibilidade


LEIA TAMBÉM: 7 motivos para conhecer o Japão

Veja 4 dicas para solucionar alguns questões que são frequentes no caso de viagens ao Japão:

  • iStock

    Use o trem

    A melhor preparação que você pode fazer para uma viagem ao Japão é comprar um Japan Rail Pass (bilhete que permite que turistas viajem, de maneira extremamente econômica, pelo país por meio da malha ferroviária). O bilhete em si é um pouco caro, mas te ajudará no longo prazo, especialmente se você quiser sair de Tóquio e visitar Osaka ou Hiroshima, por exemplo.

  • iStock

    Leve dinheiro vivo

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter
    Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

    Dinheiro ainda é o método de pagamento padrão e cartões de crédito não são tão comuns por lá. Mas não se preocupe: caixas eletrônicos podem ser encontrados em toda parte.

  • iStock

    Tenha papel e caneta em mãos

    A maioria dos japoneses consegue entender inglês, mas, às vezes, é mais fácil ler e escrever do que falar. Ter um papel e uma caneta em mãos pode ajudar muito.

  • iStock

    Não tenha medo de viajar sozinho

    O Japão é um dos lugares mais amigáveis do mundo para pessoas que gostam de ficar sozinhas. Há muito o que ver e fazer, e a taxa de criminalidade é extremamente baixa.

iStock

Use o trem

A melhor preparação que você pode fazer para uma viagem ao Japão é comprar um Japan Rail Pass (bilhete que permite que turistas viajem, de maneira extremamente econômica, pelo país por meio da malha ferroviária). O bilhete em si é um pouco caro, mas te ajudará no longo prazo, especialmente se você quiser sair de Tóquio e visitar Osaka ou Hiroshima, por exemplo.

Compartilhe esta publicação: