Os melhores automóveis do Salão de Chicago

ReproduçãoForbes
O Ford GT, que possui um limite de produção de apenas 1.350 unidades

Com o Detroit Auto Show adiado oficialmente de janeiro para junho, muitos pensaram que o Salão de Chicago 2020, que acontece até 17 de fevereiro, veria mais lançamentos. E isso realmente ocorreu, de certa forma. O reescalonamento falhou em produzir uma série de estreias mundiais de alto perfil para a cidade, mas edições especiais e atualizações de modelos já existentes preencheram o vazio.

Desde o acabamento elegante em fibra de carbono para o Ford GT e um luxuoso novo SUV da Genesis até o Jeep Gladiator seriamente resistente, a grande diversidade de veículos fala muito sobre o tamanho e o escopo do Chicago Auto Show.

VEJA MAIS: Uber recebe permissão para retomar teste com carros autônomos na Califórnia

Veja na galeria de imagens a seguir os oito modelos que mais se destacam neste ano:

  • Jaguar F-Type 2021

    De todos os modelos da linha atual da Jaguar, o F-Type representa a mais moderna interpretação dos icônicos carros esportivos de seu auge. Atualizado para 2021 com uma grade maior, faróis mais finos e para-choques dianteiros e traseiros remodelados, o básico F-Type P300 com tração traseira de quatro cilindros e turboalimentada de 296 cavalos de potência custa US$ 61.600. A variante conversível é de US$ 64.700. Um modelo P300 da primeira edição com bits de acabamento específicos está disponível em preto, cinza ou branco por US$ 73.100 no cupê ou US$ 75.400 no conversível.

    O F-Type R-Dynamic oferece motor V6 com 380 cavalos de potência, tração nas quatro rodas padrão, vetor de torque com base em freio e um diferencial de deslizamento limitado disponível por US$ 81.800 para o cupê e US$ 84.900 para o conversível. No quesito energia, o F-Type R ostenta um V8 de 575 cavalos (25 a mais do que o modelo 2020). O preço começa em US$ 103.200, para o cupê, e US$ 105.900 para o conversível. A Jaguar afirma que o carro corre de 0 a 60 km/h em 3,5 segundos, para uma velocidade máxima de quase 300 quilômetros por hora.

  • Genesis GV80 2021

    A divisão premium da Hyundai, a Genesis, continua a espalhar sua marca com a entrada no mercado de full-size SUV de luxo com o novo GV80. Posicionado para enfrentar a BMW X5, o Lexus RX e a Mercedes-Benz GLE, o GV80 de tração traseira ou nas quatro rodas é oferecido com duas opções: quatro cilindros turbo de 2,5 litros ou 3,5 litros V6, cada um emparelhado com transmissão automática de oito velocidades. O GV80 apresenta o estilo familiar da marca por dentro e por fora e deve chegar às concessionárias dos EUA no verão. O preço ainda não foi confirmado, mas espera-se que o GV80 comece em torno de US$ 50 mil, com modelos de primeira linha na marca de US$ 70 mil.

  • 2020 Jeep Gladiador Mojave

    O Jeep Gladiator provou ser um equipamento de trilha muito capaz, mas não possui o hardware especializado necessário para viagens em alta velocidade no deserto. O novo Gladiador 2020 –que foi introduzido em um hilário comercial do Super Bowl, estrelado por Bill Murray– tem como objetivo corrigir esse erro. Apresentando uma lista completa de itens de hardware, incluindo choques de derivação internos FOX de 2,5 polegadas com reservatórios externos, uma armação reforçada, eixos mais fortes com articulações de direção em ferro fundido, um elevador de suspensão dianteira de uma polegada e pneus padrão de 33 polegadas, o Gladiador Mojave está preparado para de destacar na areia e no barro.

  • Mercedes Weekender Pop-Up Camper

    Construído no chassi da van Metris, ele é equipado pela Driverge Vehicle Innovations em colaboração com a Peace Vans, uma das maiores do país. O pop-top fornece um loft de dormir para duas pessoas, enquanto o banco traseiro se dobra em um beliche adicional. Os bancos dianteiros giram 180 graus para facilitar a conversa, e uma bateria extra fornece combustível para os dispositivos. Inúmeras opções estão disponíveis, incluindo mosquiteiros, toldo, painéis solares e, para quem gosta de viajar, uma cozinha embutida na parte traseira.

    Embora o preço ainda não esteja disponível, a van de passageiros Metris mais cara à venda atualmente tem um preço de US$ 35.580, portanto, espere que o Weekender seja consideravelmente mais caro. O automóvel pode ser encomendado em revendedores autorizados Mercedes-Benz Vans a partir da primavera norte-americana. Como bônus, os 100 primeiros clientes receberão um National Parks Pass gratuito para ajudar a garantir que ao trailer um batizado adequado ao ar livre.

  • Jeep Wrangler JPP 20 2020

    Poucos veículos saem da fábrica tão prontos para serem personalizados como o Jeep Wrangler. Agora, os compradores que não tiverem tempo ou habilidades para criar suas próprias peças poderão entrar em ação com o Jeep Wrangler JPP 20.

    Apresentando uma variedade escolhida a dedo de itens da divisão Performance Parts (JPP) da Jeep, portas de tubos de aço, trilhos de rocha JPP, para-choques dianteiros e um guincho impermeável do JPP Rubicon encabeçam as modificações do projeto. Cada veículo incluirá um manual do proprietário e um kit personalizado com crédito de uma quantia ainda não especificada que pode ser resgatada por um dos seguintes itens: kit de elevação JPP de 2 polegadas, escolha entre as cinco rodas off-road JPP disponíveis e quatro pneus diferentes ou um kit de iluminação LED. As opções de cores são limitadas a azul oceano ou branco.

    A produção será limitada ao modelo 2020. No momento, o preço não está disponível, mas os revendedores começarão a receber pedidos no segundo trimestre, com veículos programados para chegar às concessionárias durante o verão norte-americano.

  • Chrysler Pacifica 2021

    A Chrysler inventou o segmento de minivan e restabeleceu seu domínio com a introdução do Pacifica 2017. Agora, está expandindo esse sucesso com uma Pacifica 2021 extraordinária. Pela primeira vez em mais de uma década, a tração nas quatro rodas está disponível em uma minivan Chrysler. Além disso, há um novo acabamento superior: a edição Pinnacle. Os novos elementos de iluminação dianteiros e traseiros e uma nova grade dão a toda a linha uma nova aparência, e o novo e mais rápido sistema de infotainment Uconnect 5 é padrão.

    O Pinnacle acrescenta um toque de hedonismo ao transporte diário da família, oferecendo assentos em couro Nappa para as três fileiras com almofadas lombares e um novo console integrado. O híbrido Pacifica também retorna.

  • Honda Civic Type R 2020

    Fãs da Honda, atenção: o Civic Type R 2020 foi significativamente atualizado. Embora isso possa não ser imediatamente óbvio, pois o único ajuste externo envolve uma abertura da grade um pouco maior que proporciona um resfriamento superior do motor, por baixo de toda a carroceria, reside um conjunto de amortecedores para uma condução aprimorada, buchas traseiras revisadas para ajudar a aderência e alguns ajustes na suspensão dianteira para uma melhor sensação de direção. Um novo projeto de rotor de freio de duas peças se une a uma nova especificação de pastilhapara reduzir o desbotamento e melhorar a frenagem em alta velocidade. Já as atualizações internas incluem um novo volante envolto em Alcantara e um novo câmbio com mudanças mais curtas e botão recém-projetado. Informações sobre preços e detalhes adicionais estarão disponíveis quando for colocado à venda no final do inverno no hemisfério norte.

  • Ford GT Liquid Carbon

    Até supercarros de baixo volume podem se beneficiar de um pequeno ajuste. No caso do Ford GT, que possui um limite de produção de apenas 1.350 unidades, a Ford está apimentando as coisas com o novo acabamento Liquid Carbon. A novidade expõe a carroceria de fibra de carbono do GT em toda a sua glória. Rodas de fibra de carbono acrescentam à sua imagem de forma visceral.

    A Ford também elevou o EcoBoost V-6 de 3,5 litros com turbo duplo para 660 cavalos de potência, um ganho de 13. Além disso, realizou uma revisão da calibração do motor e bobinas de ignição de alta energia, entre outras melhorias, tiradas do modelo de pista GT Mk II. Já existe uma lista completa de compradores aprovados do GT, e o acabamento de Liquid Carbon já está disponível para pedidos.

Jaguar F-Type 2021

De todos os modelos da linha atual da Jaguar, o F-Type representa a mais moderna interpretação dos icônicos carros esportivos de seu auge. Atualizado para 2021 com uma grade maior, faróis mais finos e para-choques dianteiros e traseiros remodelados, o básico F-Type P300 com tração traseira de quatro cilindros e turboalimentada de 296 cavalos de potência custa US$ 61.600. A variante conversível é de US$ 64.700. Um modelo P300 da primeira edição com bits de acabamento específicos está disponível em preto, cinza ou branco por US$ 73.100 no cupê ou US$ 75.400 no conversível.

O F-Type R-Dynamic oferece motor V6 com 380 cavalos de potência, tração nas quatro rodas padrão, vetor de torque com base em freio e um diferencial de deslizamento limitado disponível por US$ 81.800 para o cupê e US$ 84.900 para o conversível. No quesito energia, o F-Type R ostenta um V8 de 575 cavalos (25 a mais do que o modelo 2020). O preço começa em US$ 103.200, para o cupê, e US$ 105.900 para o conversível. A Jaguar afirma que o carro corre de 0 a 60 km/h em 3,5 segundos, para uma velocidade máxima de quase 300 quilômetros por hora.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).