Italiana MV Agusta anuncia superesportiva limitada a uma unidade

Testalarga presta homenagem a moto homônima pilotada por Giacomo Agostini no Campeonato Mundial das 500 cc em 1973.

Rodrigo Mora
Compartilhe esta publicação:

MV Agusta Testalarga terá apenas uma unidade produzida (Foto: divulgação)

Acessibilidade


A MV Agusta revelou em sua conta no Instagram a Testalarga, superesportiva cujo nome faz referência às cabeças dos pistões (maiores, daí o nome que em tradução livre equivale a “cabeça grande”) utilizados no motor da antiga Testalarga, pilotada por Giacomo Agostini no Campeonato Mundial das 500 cc em 1973.

Modelo “one-off” será baseado na Superveloce (Foto: divulgação)

“Esta representação moderna da Testalarga traz alguns toques únicos a uma Superveloce única para torná-la verdadeiramente especial e relembrar a aparência elegante das motos de corrida MV Agusta do passado. Uma pintura especial em nosso tradicional vermelho e prata adorna a Testalarga e algumas modificações voltadas para o desempenho foram feitas na carenagem inferior para permitir que o calor do escapamento se dissipe”, resumiu a fabricante italiana, que ainda faz mistério sobre data de lançamento, preço e o destino da motocicleta – será vendida ou guardada no museu da marca?

LEIA TAMBËM: Como funciona o escritório móvel da Audi para grandes metrópoles

Baseada na Superveloce, a Testalarga deve recorrer ao mesmo motor tricilíndrico de 798 cc de cilindrada, que rende 147 cavalos de potência e 8,9 kgfm de torque e lança o modelo aos 100 km/h em 3 segundos e aos 200 km/h em estonteantes 9 segundos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: