Anvisa confirma suspensão de teste com vacina da Johnson & Johnson

Agência analisará os dados da investigação e decidirá pela continuidade ou interrupção permanente do estudo clínico.

Blog da Redação
Compartilhe esta publicação:
Anton Vaganov/Reuters
Anton Vaganov/Reuters

A J&J anunciou a suspensão dos testes com a vacina devido a uma doença inexplicável em um participante do estudo

Acessibilidade


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou hoje (13) que foi comunicada pela farmacêutica Janssen-Cilag, unidade da Johnson & Johnson, sobre a suspensão dos testes com uma potencial vacina contra a Covid-19, também sendo estudada no Brasil, devido a um efeito adverso em um voluntário no exterior.

“Maiores detalhes sobre o evento e o estado de saúde do voluntário permanecem em sigilo. O estudo continuará interrompido até que haja investigação de causalidade por parte do Comitê Independente de Segurança, como parte dos procedimentos de Boas Práticas Clínicas”, informou a Anvisa em nota.

LEIA MAIS: Johnson & Johnson suspende testes de vacina contra coronavírus devido a doença inexplicável em voluntário

“No Brasil, a inclusão do primeiro voluntário no estudo ocorreu em 9 de outubro e novas inclusões só poderão ocorrer quando houver autorização da Anvisa, que procederá com a análise dos dados da investigação e decidirá pela continuidade ou interrupção permanente do estudo clínico, com base nos dados de segurança e avaliação risco/benefício.”

Mais cedo, a Johnson & Johnson anunciou a suspensão dos testes com a potencial vacina devido a uma doença inexplicável em um participante do estudo, adiando um dos esforços mais promissores para conter a pandemia global.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A medida vem cerca de um mês depois de a AstraZeneca também suspender testes clínicos de sua vacina experimental contra coronavírus, que usa uma tecnologia semelhante, devido ao adoecimento de um participante.

Embora os testes da AstraZeneca no Reino Unido, Brasil, África do Sul e Índia tenham recomeçado desde então, seu teste nos Estados Unidos ainda está suspenso à espera de uma análise regulatória. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: