EUA enviam vacina da Moderna contra coronavírus a unidades de saúde

Khushnum Bhandari/Reuter
Khushnum Bhandari/Reuter

Governo norte-americano planeja entregar 5,9 milhões de doses da Moderna e mais 2 milhões da Pfizer

Remessas da vacina da Moderna contra a Covid-19 começaram a deixar os locais de armazenamento, hoje (20), em direção a instalações de saúde ao redor dos Estados Unidos, em um esforço para distribuir a segunda vacina aprovada no país contra o coronavírus.

A distribuição da vacina da Moderna para mais de 3.700 locais de saúde dos Estados Unidos ampliará a campanha de imunização que começou semana passada com a vacina da Pfizer e da sua parceira alemã BioNTech.

VEJA TAMBÉM: Vacina da Moderna começa a ser distribuída nos EUA

O líder do programa de vacina contra Covid-19 dos EUA, Moncef Slaoui, afirmou que o mais provável é que a primeira dose da vacina da Moderna, que foi aprovada pela Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) na sexta-feira (18), seja aplicada na manhã de amanhã (21).

“Estamos ansiosos pela vacina. Será um pouco mais fácil distribuí-la porque não exige temperaturas tão baixas quanto a da Pfizer (para armazená-la)”, disse Slaoui à emissora “CNN”.

O governo norte-americano planeja entregar 5,9 milhões de doses da Moderna e 2 milhões da Pfizer esta semana.

Mas o ambicioso objetivo de dar a primeira das duas doses do regime da vacina para 20 milhões de norte-americanos antes do fim do ano pode se estender à primeira semana de janeiro, disse o general do Exército Gustave Perna, que coordena a operação de distribuição de doses, ontem.

O começo da entrega da vacina da Moderna ampliará de maneira significativa a disponibilidade da vacina contra Covid-19 no momento em que as mortes nos EUA causadas pela doença respiratória chegaram a mais de 316.000 nos 11 meses desde o primeiro caso documentado no país.

Alguns Estados estão escolhendo a vacina da Moderna para áreas rurais porque elas podem ser armazenadas por 30 dias em refrigeradores padrões. O imunizante da Pfizer precisa ser transportado e armazenado a -70 graus Celsius e dura apenas cinco dias em refrigeradores com temperaturas padrões. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).