OMS aprova inclusão da CoronaVac em lista de uso emergencial contra Covid-19

Além de ratificar a eficácia e segurança do imunizante, a lista permite que ele seja incluído no esquema Covax.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Willy Kurniawan/Reuters
Willy Kurniawan/Reuters

Profissional de saúde segura frasco da vacina contra o Covid-19 CoronaVac

Acessibilidade


A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou a CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela chinesa Sinovac Biotech, para uso emergencial, fazendo da vacina a segunda produzida na China a obter endosso da organização, informou a OMS hoje (1).

A lista de uso emergencial da OMS é um sinal para os reguladores nacionais sobre a segurança e eficácia de um produto. Ela também permite que a vacina seja incluída no esquema Covax, o programa global de fornecimento de vacinas principalmente para países pobres, que atualmente enfrenta grandes problemas de abastecimento devido à suspensão das exportações de vacinas pela Índia.

LEIA TAMBÉM: Pfizer pede para Anvisa incluir vacinação de adolescentes a partir de 12 anos em bula da vacina no Brasil

Em comunicado, o painel independente de especialistas recomendou a CoronaVac, que no Brasil é produzida pelo Instituto Butantan, para adultos com mais de 18 anos, com uma segunda dose entre duas e quatro semanas depois da primeira. Não houve limite máximo de idade, uma vez que os dados sugerem que é provável ter efeito protetor em pessoas idosas. (Com Reuters)

 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: