Embraer tem prejuízo líquido de R$ 29,4 mi no 4º tri

Queda foi de quase 39% no lucro antes de juros, impostos e amortização

A Embraer teve prejuízo líquido ajustado no quarto trimestre de R$ 29,4 milhões, revertendo resultado positivo de R$ 239 milhões obtido um ano antes, informou a fabricante de aviões hoje (14). A companhia, que fechou acordo para vender o controle de sua principal geradora de recursos para a norte-americana Boeing, teve queda de quase 39% no lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado no período, para R$ 409,5 milhões. A margem recuou de 11,9% para 6,4%.

LEIA MAIS: Por que a Embraer é uma das empresas mais inovadoras do Brasil

A Embraer informou receita líquida de R$ 6,38 bilhões nos três últimos meses de 2018, alta de cerca de 13% sobre o faturamento de um ano antes. No quarto trimestre, a Embraer entregou 33 aeronaves comerciais e 36 executivas (24 jatos leves e 12 grandes) e em 2018 a companhia despachou a clientes 90 aviões comerciais e 91 executivos (64 jatos leves e 27 grandes).

A carteira de pedidos firmes da empresa encerrou o ano passado em US$ 16,3 bilhões, queda de cerca de 11% no comparativo com 2017. A dívida líquida subiu para R$ 1,7 bilhão no quarto trimestre ante R$ 1,027 bilhão no mesmo período de 2017.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).