Unilever tem resultado melhor que o esperado no 1º tri

As vendas nos mercados emergentes subiram 5% no trimestre passado

O grupo de produtos de consumo Unilever está no caminho para cumprir metas de performance para o ano depois que vendas positivas em mercados emergentes levaram a empresa a ter um forte início em 2019.

LEIA MAIS: Após choque com acionistas, CEO da Unilever se aposenta

A companhia informou hoje (18) que ainda espera crescimento de vendas na metade mais baixa da faixa de 3% a 5% neste ano. A empresa também manteve metas de 2020, que incluem margem operacional de 20%.

As vendas da Unilever no primeiro trimestre, excluindo aquisições, vendas de ativos e mudanças cambiais, cresceram 3,1%. Analistas, em média, esperavam expansão de 2,8%.

Nos mercados emergentes, onde a Unilever obtém 58% de suas receitas, as vendas subiram 5% no trimestre passado, compensando alta de apenas 0,3% em países desenvolvidos.

A rival Nestlé divulgou mais cedo desempenho melhor que o esperado para o período, com crescimento de 6,3% em mercados emergentes superando outras regiões.

Ambas as companhias ressaltaram força no Brasil, afirmando que nos mercados emergentes em geral conseguiram elevar preços e vender mais produtos. Nos mercados desenvolvidos, preços maiores normalmente levam a menores volumes.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).