AB InBev quer levantar U$ 9,8 bi em listagem na Ásia

Getty Images
A Budweiser Brewing Company está vendendo 1,6 bilhão de ações primárias por US$ 5,13 a US$ 6,02 cada

A cervejaria Anheuser-Busch InBev (AB InBev) pretende levantar até US$ 9,8 bilhões, listando seus negócios da Ásia-Pacífico em Hong Kong, marcando o que seria a maior oferta inicial pública do mundo este ano.

LEIA MAIS: AB InBev abre centro de segurança cibernética em Israel

A Budweiser Brewing Company, cujo portfólio de mais de 50 marcas de cerveja inclui Stella Artois e Corona, está vendendo 1,6 bilhão de ações primárias por US$ 5,13 a US$ 6,02 cada, de acordo com os termos da operação vistos pela Reuters.

O acordo irá levantar entre US$ 8,3 bilhões e US$ 9,8 bilhões para a endividada AB InBev antes de qualquer lote suplementar ser incluído, dando para a Budweiser Ásia uma capitalização de mercado de até US$ 63,7 bilhões após o IPO.

A maior cervejaria do mundo tem trabalhado para reduzir uma dívida de mais de US$ 100 bilhões após a compra da rival SABMiller no final de 2016.

A empresa disse que o principal mérito de uma listagem em Hong Kong seria a criação de um líder de mercado na região da Ásia-Pacífico, onde as vendas ainda estão crescendo e os consumidores cada vez mais ricos estão bebendo cervejas premium de margem mais elevada.

“Além de pagar dívidas, o acordo proporciona à AB InBev uma ‘plataforma de fusões e aquisições’ em que cervejeiros locais, como a ThaiBev, podem preferir fazer negócios com um jogador focado no cenário local que usa uma moeda asiática”, disse Nico von Stackelberg, do Liberum.

VEJA TAMBÉM: AB InBev quer levantar US$ 5 bi na bolsa em Hong Kong

A listagem da Budweiser Ásia deverá ser negociada em Nova York em 11 de julho e as ações serão lançadas em Hong Kong em 19 de julho, mostrou o documento.

Uma porta-voz da AB InBev se recusou a comentar o assunto.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).