Morre aos 79 anos o bilionário David Koch

Reprodução Forbes
David Koch, bilionário filantopo e figura polarizadora, faleceu hoje (23)

David Koch, ex-vice-presidente executivo da Koch Industries e ex-candidato a vice-presidente, morreu hoje (23) aos 79 anos.

VEJA MAIS: Bilionário David Koch doa US$ 150 milhões para centro de tratamento de câncer

“Embora lamentemos a perda de nosso herói, lembremo-nos de seu riso icônico, curiosidade insaciável e coração gentil. Suas histórias de aventuras de infância animavam nossos jantares familiares; seu conhecimento sem fim o tornava nosso ‘’ ‘Google ambulante’. Seu coração sensível o fez chorar com a beleza do balé de sua filha e se irritar com orgulho quando seu filho o derrotou no xadrez. Sentiremos falta do quinto elo de nossa família”, disse a família em um comunicado.

“Ainda assim, desejamos que todos celebrem a vida e o impacto desse homem tão generoso e gentil. Ele acreditava que tinha uma responsabilidade para com um mundo que lhe dera tantas oportunidades a fim de obter sucesso. A dedicação filantrópica de David à educação, às artes e à pesquisa sobre o câncer terá um impacto duradouro em inúmeras vidas -e isso será valorizado para sempre ”.

Koch deixou sua marca nos negócios, na filantropia e na política. Nascido em Wichita, Kansas, em maio de 1940, filho de Fred e Mary Koch, ele foi o terceiro de quatro irmãos. O mais velho, Charles Koch, é CEO e presidente da Koch Industries desde 1967, enquanto o irmão gêmeo, Bill Koch, administra a empresa de commodities Oxbow Corp., que ele fundou após deixar o negócio da família em 1983.

Engenheiro de formação, Koch estudou no MIT antes de trabalhar como engenheiro de pesquisa e design na Amicon Corporation, Arthur D. Little e Halcon International. Mais tarde, ele se juntou à Koch Industries, co-fundada por seu pai, e ajudou a supervisionar a expansão do conglomerado para US$ 110 bilhões (negócios de vendas). Ele valia US$ 42,4 bilhões na época de sua morte.

Uma força nos círculos políticos, Koch também foi um filantropo que fez doações ao longo de sua vida no valor de mais de US$ 1,3 bilhão. As principais delas contemplam US$ 207 milhões para o Memorial Sloan Kettering Cancer Center (incluindo U $ 135 milhões para uma nova unidade médica ambulatorial) e US$ 185 milhões para o MIT (incluindo US$ 100 milhões para um instituto de pesquisa de câncer). Ele também apoiou várias causas culturais e artísticas, de modo a financiar a renovação da praça do Metropolitan Museum of Art, do antigo Teatro do Estado de Nova York no Lincoln Center e a criação de um salão destinado à exposições das origens humanas no Museu AMericano de História Natural do Instituto Smithsoniano.

David Koch ocupou a 13ª posição no ranking da Forbes de Bilionários do Mundo de 2018 com um patrimônio líquido de US$ 50,5 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).