“Abominável” lidera bilheterias com US$ 20,8 milhões

Divulgação
Yi embarca em uma jornada épica para reunir Everest e sua família

“Abominável” apareceu na liderança das bilheterias neste fim de semana, quando a aventura animada da Universal e da DreamWorks estreou com US$ 20,85 milhões na América do Norte e US$ 29,7 milhões em todo o mundo.

O filme se beneficiou como uma das poucas ofertas em multiplex atendendo a multidões de famílias e marcou a melhor estreia do ano para um filme de animação original.

Leia mais: “Vingadores: Ultimato” bate recorde de bilheteria

Jill Culton escreveu e dirigiu “Abominável”, tornando-se a primeira mulher a fazer independentemente um filme de animação para um grande estúdio.

A DreamWorks, da Universal, coproduziu o filme com o Pearl Studios da China. Com um início sem tanto brilho, de US$ 8,8 milhões nas bilheterias internacionais, as duas empresas contarão com o público chinês para ganhar força (a estreia será amanhã, 1) e ajudar a justificar seu orçamento de US$ 75 milhões.

“Abominável” segue uma jovem garota chamada Yi (dublada pela atriz da Marvel “Agents of S.H.I.E.L.D.” Chloe Bennet) que embarca em uma jornada épica para reunir um iéti chamado Everest com sua família.

Veja também: Bilheteria de “Capitã Marvel” deve passar de US$ 1 bi

Conforme a temporada de premiação começa, o filme “Judy”, da Roadside Attractions, ganhou nota alta nas bilheterias especializadas. A cinebiografia de Judy Garland, liderada por Renée Zellweger, arrecadou US$ 3 milhões, o suficiente para atingir o Top 10, apesar da estreia em apenas 461 salas.

O filme, que já está gerando zumbido no Oscar pela transformação de Renée na estrela problemática, atraiu principalmente as mulheres mais velhas. Entre o público inaugural, 60% eram mulheres e quase 80% tinham mais de 35 anos.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).