Avião do príncipe William aborta pouso no Paquistão 2 vezes

Akhtar Soomr/Reuters
O príncipe William e sua esposa, Kate, realizam uma visita oficial de quatro dias ao Paquistão

O príncipe britânico William disse que ele e sua esposa, Kate, estavam bem depois que um avião da Força Aérea Real que transportava o casal foi forçado a abortar um pouso em Islamabad duas vezes hoje (17) e voltar a Lahore por ter ficado preso em uma tempestade de raios intensa.

LEIA MAIS: Veja fotos do começo da viagem de William e Kate ao Paquistão

A aeronave Voyager do casal real, que realiza uma visita oficial de quatro dias ao Paquistão, tentou pousar duas vezes, na base aérea de Rawalpindi e no aeroporto internacional de Islamabad, e por fim decidiu voltar a Lahore.

William, que já atuou como piloto de helicóptero de busca e resgate, disse aos repórteres após o pouso que ele e Kate estavam bem, brincando que os problemas aconteceram devido ao fato de ele estar pilotando o avião.

Um fotógrafo da Reuters que estava a bordo disse que não houve dificuldades antes da decolagem, mas que o voo que só deveria durar 26 minutos se tornou muito turbulento quando eles tentavam pousar.

A viagem acabou levando mais de duas horas, e o fotógrafo a descreveu como um dos voos mais turbulentos em que esteve em mais de 25 anos de voos frequentes.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).