Ibovespa fecha em alta com ações de consumo em destaque

Paulo Whitaker/Reuters
O Ibovespa subiu 0,54%, a 108.290,09 pontos

O Ibovespa fechou em alta hoje (28), numa sessão sem viés único e menor volume pela ausência de Wall Street, com ações de empresas ligadas a consumo entre as maiores altas em véspera da Black Friday, bem como papéis de companhias aéreas, diante da trégua na disparada recente do dólar ante o real.

Bancos também recuperaram-se durante o pregão, com Banco do Brasil fechando no azul, após sofrerem no começo do dia diante da decisão do governo de limitar o juro do cheque especial, assim como Petrobras, que reverteu as perdas após reação negativa mais cedo ao plano de negócios 2020-2024.

LEIA MAIS: Petrobras e bancos sustentam Ibovespa no azul em sessão volátil

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,54%, a 108.290,09 pontos. O volume financeiro da sessão somou R$ 12,76 bilhões, contra uma média diária de R$ 20,57 bilhões no mês.

Nos Estados Unidos, os mercados ficaram fechados nesta quinta-feira em razão do feriado do Dia de Ação de Graças, o que deixou a B3 sem o seu principal referencial.

Agentes financeiros têm citado que a bolsa brasileira está sem gatilhos para o curtíssimo prazo, dada a falta de potenciais notícias positivas e a proximidade do encerramento do ano, com a valorização de cerca de 20% no acumulado de 2019 abrindo espaço para algumas realizações de lucros.

Para o gestor de uma importante gestora em São Paulo, a virada do ano tende a ser um catalisador para as ações brasileiras, quando realmente os investidores vão começar a olhar para os números de 2020/2021 das empresas. “Isso vai fazer o mercado reagir novamente”, afirmou.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).