IBM tem resultado acima do esperado com avanço em computação em nuvem

Reprodução

Computação em nuvem impulsiona resultado da gigante da tecnologia

A IBM publicou hoje (21) alta acima da esperada na receita, o primeiro crescimento em seis trimestres, beneficiando-se de expansão dos negócios de computação em nuvem.

A receita da área subiu 21%, para US$ 6,8 bilhões no quarto trimestre.

A IBM tem tentado mudar seu foco nos últimos anos por meio de aquisições na área de computação em nuvem e também através de vendas de negócios legados.

A companhia comprou a produtora de software Linux Red Hat por US$ 34 bilhões no ano passado, a maior aquisição da IBM até agora, em uma estratégia para expandir-se no segmento de software baseado em assinaturas e combater queda de vendas e recuo na demanda por mainframes.

LEIA MAIS: IBM e Tata integrarão plataforma de tecnologia dos EUA

A receita do trimestre somou US$ 21,78 bilhões, alta de apenas 0,1%, mas o desempenho superou as expectativas de analistas, de queda de quase 1% no faturamento, segundo dados da Refinitiv.

O lucro líquido da gigante de tecnologia subiu para US$ 3,67 bilhões, ou US$ 4,11 por ação, ante US$ 1,95 bilhão, ou US$ 2,15 por papel, um ano antes.

Em termos ajustados, a IBM teve lucro por ação de US$ 4,71 no trimestre, acima da média de expectativas de analistas de US$ 4,69.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).