Produção de minério de ferro da BHP recua no 2º tri

Tim Wimborne/Reuters
Tim Wimborne/Reuters

produção de carvão térmico foi afetada pela baixa qualidade do ar na Austrália

O BHP Group afirmou nesta segunda-feira que sua produção de minério de ferro no segundo trimestre da temporada 2019/20 recuou em comparação com os três meses anteriores, impactada por trabalhos de manutenção já planejados.

Além disso, a empresa disse que a produção de carvão térmico foi afetada pela baixa qualidade do ar na Austrália, em função dos incêndios florestais devastadores que atingem o país. Dessa forma, a obtenção do produto em New South Wales caiu 11% no primeiro semestre da temporada.

VEJA TAMBÉM: Vale lança produto de minério de ferro no 1º tri de 2020

“Estamos monitorando a situação e, se a qualidade do ar continuar se deteriorando, as operações poderão ser restringidas ainda mais no segundo semestre do ano-comercial”, disse a maior mineradora do mundo em comunicado.

A produção de minério de ferro da BHP na Austrália Ocidental somou 68 milhões de toneladas nos três meses encerrados em 30 de dezembro, um avanço em relação aos 66 milhões de toneladas de igual período do ano anterior, mas ainda assim cerca de 2% aquém do registrado no trimestre finalizado em setembro. O número ficou abaixo da projeção do UBS, de 69,3 milhões de toneladas.

Mas com os trabalhos de manutenção iniciados em outubro já concluídos, a BHP manteve sua estimativa para a produção de minério de ferro nesta temporada entre 273 milhões e 286 milhões de toneladas.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).