Construtora Mitre dispara em estreia na B3

Getty Images

Os papéis tinham alta de 7,2%, a R$ 20,69, tendo alcançado R$ 21,10 na máxima até o momento

As ações da Mitre chegaram a avançar mais de 9% nos primeiros negócios hoje (5), em sua estreia na B3, após precificar oferta inicial de ações (IPO) na segunda-feira (3) no topo da faixa estimada pelos coordenadores.

Por volta das 10:45, os papéis tinham alta de 7,2%, a R$ 20,69, tendo alcançado R$ 21,10 na máxima até o momento. No mesmo horário, o Ibovespa, referência do mercado acionário brasileiro, mas sem as ações da Mitre, subia 1,6%.

LEIA MAIS: Construtora Mitre precifica IPO a R$ 19,30 por ação

A construtora e incorporadora paulistana precificou seu IPO a R$ 19,30 por papel, em operação que movimentou R$ 1,2 bilhão, sendo R$ 1,024 bilhão na oferta primária e R$ 159,8 milhões na secundária.

A faixa indicativa de preço definida pelos coordenadores da oferta, incluindo Itaú BBA, BTG Pactual e Bradesco BBI, era de R$ 14,30 a R$ 19,30.

A empresa, especializada em imóveis de média e alta renda, pretende usar os recursos a serem captados com a oferta primária para comprar terrenos, pagar custos de construção e despesas operacionais.

A Mitre foi a primeira construtora a concluir um IPO na bolsa paulista em uma década, refletindo os sinais de recuperação do setor imobiliário no país.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).