Light tem prejuízo de R$ 366 milhões por reconhecimento de provisões

A elétrica Light anunciou no final da noite de ontem (12) prejuízo líquido de R$ 366 milhões no quarto trimestre, frente a um lucro de R$ 92 milhões no mesmo período do ano passado.

O resultado foi afetado pelo reconhecimento de provisões estimadas para crédito de liquidação duvidosa (PECLD) extraordinárias no valor de R$ 525 milhões.

Também houve impacto negativo nos resultados financeiros, pela marcação à mercado das operações de swap das dívidas em moeda estrangeira.

LEIA MAIS: Ex-chefe da ANP David Zylbersztajn vai presidir conselho da elétrica Light

O Ebitda consolidado encerrou o quarto trimestre negativo em R$ 82 milhões, devido ao resultado operacional da distribuidora, afetado pelo reconhecimento das provisões.

A Light, com atuação no Rio de Janeiro, reportou ainda que perda total sobre a carga fio (12 meses) encerrou o ano em 26,04%, praticamente em linha com o resultado de setembro de 2019 (25,93%).

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).