Cripto-exchange Binance agora aceita reais em suas transações

Ulrich Baumgarten via Getty Images
A Binance é a maior exchange do mundo em volume de transações

Resumo:

  • A Binance, maior exchange cripto do mundo, passa agora a aceitar reais;
  • Usuários podem comprar e vender bitcoins, ethers, entre outras criptomoedas na moeda brasileira;
  • A plataforma Latamex é o canal latino-americano da Binance.

A Binance, uma das maiores corretoras de cripto do mundo, anunciou hoje (12) que aceitará reais em suas transações de compra e venda de criptomoedas. Usuários brasileiros da corretora agora podem fazer depósitos em moeda local na plataforma chamada “Binance Fiat Gateway”, que permite a compra de criptomoedas usando moedas fiduciárias.

LEIA MAIS: Tudo o que você precisa saber sobre blockchain e criptomoedas

Além de reais, a exchange também passará a aceitar pesos argentinos em um braço da plataforma Latamex, que foca na América Latina. O novo recurso é resultado de uma parceria da Binance com a rede de bens ativos digitais Settle Network.

Brasileiros e argentinos poderão usar suas moedas nacionais para comprar bitcoins, binance coins (a criptomoeda da Binance), ethers e outras stablecoins. No anúncio oficial da marca, o CEO da Binance Changpeng Zhao afirmou que a necessidade dos chamados “fiat gateways” ainda é muito presente já que a grande maioria das economias mundiais ainda funcionam em moedas fiduciárias.

“Há uma grande demanda por criptomoedas na América Latina, especialmente por acesso facilitado a serviços financeiros. Aproximadamente 50% da população latino-americana é desbancarizada e a Latamex é uma resposta às demandas de nossos usuários e ao clima atual do mercado,” Zhao explicou.

Além da Latamex, a Binance também tem canais internacionais em países como Uganda e Singapura.

A Binance é atualmente a maior exchange cripto no mundo em volume de transações, com usuários em mais de 180 países.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).