Companhia japonesa planeja chuva de meteoros artificial

Sistema percorrerá 7,8 km da atmosfera a cada segundo e lançará partículas coloridas periodicamente

Redação
Compartilhe esta publicação:
iStock

iStock

Acessibilidade


A companhia japonesa ALE planeja unir entretenimento com exploração espacial. A empresa de transportes pretende criar um meteoro artificial, que seria lançado de satélites na órbita da Terra para formar falsos fenômenos espaciais, como estrelas cadentes e chuvas de meteoros.

VEJA MAIS: Cientistas descobrem pista sobre o surgimento da vida na Terra

O projeto, que pretende também servir de base para pesquisas astronômicas, deve ficar pronto em 2018. O satélite será fabricado pela também japonesa Axelspace, companhia de tecnologia espacial, e carregará equipamentos que serão controlados a partir da Terra. Cerca de 1.000 pequenas partículas semelhantes a meteoros, pesando 50 kg ao todo, serão carregadas pelo sistema.

E AINDA: Satélites da NASA flagram reconexão magnética pela primeira vez

A tecnologia percorrerá 7,8 km a cada segundo ao redor do planeta, fazendo o trajeto do Polo Norte ao Polo Sul. O sistema será ativado em determinados pontos da Terra e lançará projéteis alaranjados, azuis e vermelhos. Em simulações, a companhia mostra que os pontos de luz serão mais brilhantes do que a estrela Sirius, o segundo astro mais visível no céu, depois do Sol.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As luzes serão vistas mesmo em cidades poluídas, como Tóquio, Nova York e São Paulo, e ficarão a pouco mais de 80 km acima do nível do mar.

Compartilhe esta publicação: