Bar de New Orleans é conhecido por ser “assombrado”

No centro histórico da cidade, o Lafitte’s oferece drinques e um possível contato com espíritos.

Brad Japhe
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

O Lafitte’s ocupa um dos edifícios mais antigos do centro histórico French Quarter

Acessibilidade


Você encontrará muitos uísques, gins e vodcas no bar do Lafitte’s. Mas este lendário estabelecimento de Nova Orleans –na esquina da Bourbon com a St. Phillip– é igualmente conhecido por outro tipo de encontro. De caráter espectral.

Ocupando um dos edifícios mais antigos do centro histórico French Quarter, o Blacksmith Shop Bar tem o nome de Jean e Pierre Lafitte –contrabandistas e corsários notórios do início do século 19. Os irmãos usaram este espaço como base de operações durante aquele tempo e, por fim, Jean se tornou um herói local depois de ajudar Andrew Jackson a afastar os britânicos durante a grande escaramuça final da Guerra de 1812.

LEIA TAMBÉM: Um dos melhores clubes privados de vinho da Europa está prestes a ser inaugurado em Washington

Ele morreu quase uma década depois em algum lugar da costa da Península de Yucatán. Mas isso não o impediu de reaparecer em seu antigo refúgio na Louisiana. Por anos, clientes relataram ter visto sua aparição de corpo inteiro rangendo ao longo das tábuas centenárias do bar. Não apenas alguns encontros casuais, mas dezenas de visitantes que apresentam uma história semelhante de um marinheiro agarrado às sombras que flanqueiam a lareira do primeiro andar.

Claro, o fato de que o famoso Grape Daiquiri do estabelecimento tem a capacidade de apagar a consciência de um cavalo não ajuda. Tome dois copos inteiros daquele líquido roxo virtuoso e você provavelmente verá todos os tipos de coisas que não estão realmente lá. E a iluminação à luz de velas certamente realça o ambiente etéreo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Mas os avistamentos não param por aí. Em vários anos do século 19, a área de cima foi supostamente alugada para uma mulher misteriosa que acabou cometendo suicídio no local. Os frequentadores do bar que encontraram sua aura nos anos seguintes relatam que ela é uma alma muito falante. Em pelo menos várias ocasiões, tarde da noite, ela se aconchega ao lado de uma vítima desavisada e sussurra palavras doces em seu ouvido. É uma ótima maneira de limpar a sala antes do fechamento do estabelecimento.

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

O local contém um inegável senso de história dentro de suas paredes de tijolos expostos

Outro fenômeno paranormal atribuído ao Lafitte’s envolve algo muito mais sinistro. De acordo com o pessoal da Ghost City Tours –uma empresa que guia os visitantes por algumas das seções mais notoriamente sinistras do French Quarter– o Blacksmith Shop é lar de um conjunto de “olhos vermelhos penetrantes” desencarnados que olham além dos cantos não iluminados do quarto do primeiro andar. Você pode notar a manifestação ameaçadora com o canto de sua visão. Quando você se vira para encontrá-los, eles se prendem em sua alma e, em seguida, desaparecem lentamente, talvez algum indicador de assombração demoníaca. Ou, mais provavelmente, muito daquela forte bebida roxa.

Quer você acredite ou não nas histórias, é difícil negar o efeito sobrenatural que o Lafitte’s tem sobre seus convidados. O local contém um inegável senso de história dentro de suas paredes de tijolos expostos e deve ser um dos primeiros estabelecimentos a retomarem o funcionamento normal quando for reaberto após a pausa induzida por conta do coronavírus. Na verdade, segundo alguns relatos, é o bar mais antigo dos Estados Unidos –se você decidir aceitar sua data de fundação em 1775. Na verdade, ele recebeu sua primeira licença para vender bebidas alcóolicas em 1933, logo após a revogação da Lei Seca. Embora certamente não saibamos o que Jean Lafitte estava produzindo aqui no início de 1800. Suponho que seja melhor apenas entrar e perguntar a ele você mesmo.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: