Harley-Davidson apresenta sua nova coleção de Ebikes

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Todas as bicicletas Serial 1 são construídas em alumínio

Apenas algumas semanas depois de impressionar os pilotos com uma bela e  única peça em homenagem à primeira motocicleta da The Motor Company, a Harley-Davidson direcionou todos os holofotes para suas novas bicicletas elétricas Serial 1. Agora, os veículos tiveram seus nomes e preços divulgados. São quatro modelos à escolha do cliente, incluindo um surpreendente que vai chamar a atenção dos ciclistas urbanos que gostam de veículos simples, rápidos e divertidos.

Alguns detalhes técnicos primeiro: todas as peças Serial 1 seguem o formato dos protótipos que foram exibidos há mais de um ano. Todas as bicicletas são construídas em alumínio, com um motor Brose de 250 watts de montagem central, baterias embutidas e acionamento por correia Gates kevlar em vez de uma corrente. Nenhuma das bicicletas tem garfos ou articulações de suspensão. Três das quatro ebikes contarão com um cubo traseiro de Enviolo AUTOMATiQ com engrenagem automatizada e todas elas vêm equipadas com quatro modos de condução bastante autoexplicativas: Eco, Tour, Sport e Boost.

LEIA MAIS: Harley-Davidson lança linha de ebikes e presta homenagem a suas origens

Luzes de LED, incluindo um logotipo de escudo aceso na frente, são uma característica padrão. Além disso, as luzes traseiras terão a função de luz de freio. Três das bicicletas são do tipo Classe 1, com assistência de pedal (sem aceleração) e uma velocidade de assistência superior a 32 km/h, enquanto a bicicleta top de linha é uma máquina de Classe III com uma velocidade assistida superior de 45 km/h. Todos os modelos possuem freios a disco hidráulicos, várias opções de tamanho de quadro e uma escolha de esquemas de cores. Três dos modelos incluem defensas completas.

Ao olhar para o design e a tecnologia envolvidos – especialmente aqueles fantásticos cubos Enviolo -, bem como para o excelente ajuste e acabamento, o lançamento pode marcar o início de uma aposta vitoriosa para a Harley-Davidson. O momento é certo, já que as ebikes estão vendendo muito bem, mas se você estava querendo uma Serial 1 para as festas de fim de ano, lamento desapontá-lo: as bicicletas estarão disponíveis apenas a partir de março de 2021. Os primeiros usuários, que fizerem pedido antecipado, podem obter alguns brindes especiais.

Os preços vão de US$ 3.399 a US$ 4.999. Veja, na galeria abaixo, os quatro lançamentos da marca:

  • MOSH/CTY: US$ 3.399

    Vamos começar com esta bela surpresa. Enquanto as demais integrantes da Serial 1 são o que chamamos de bicicleta elétrica (embora sejam muito boas), esta é a bicicleta que chamou minha atenção imediatamente. Devo admitir que fui um grande aventureiro em meus dias de juventude e é para isso que a Serial 1 Mosh é feita: pilotos que querem manter as coisas simples e talvez se entreguem a um pouco de travessura. O fato desse ser o modelo mais barato também ajuda em seu potencial. Ele tem um acabamento totalmente preto furtivo, junto com a opção de mistura preto/azul, e não possui os paralamas que são padrão nos outros modelos. A Mosh também dispensa o cubo traseiro do Enviolo em favor de uma roda dentada traseira de velocidade única, que reduz o peso, o custo e a complexidade.

    O modelo é 20% mais leve do que os outros, em média. Ele também tem um reforço de quadro adicionado para aqueles que andam com entusiasmo. Inclusive, a foto de divulgação da bicicleta mostra um piloto em ação atravessando escadas enquanto pedala. É claramente a bicicleta mais esportiva do grupo, embora ainda seja capaz de cumprir o dever de transporte.

    Reprodução/Forbes
  • RUSH/CTY SPEED: US$ 4.999

    Esta é a mãe de toda a linha, com mais velocidade, alcance e recursos. O modelo adiciona alcance com uma bateria de 706 watts-hora, e é a única bicicleta Classe III na faixa, com uma velocidade de assistência superior de 45 km/h. Como os outros modelos RUSH, apresenta o cubo traseiro Enviolo AUTOMATiQ, que ajusta automaticamente a marcha de acordo com a pressão e a velocidade do pedal. Recentemente, testei esse sistema nas bicicletas radicais TheRide Radiant Carbon de Tony Ellsworth, e é uma experiência de pilotagem quase mágica. A Serial 1 oferece um alcance de 40 a 185 km, além de ser equipada com racks dianteiro e traseiro. Sendo assim, se você tem um longa distância para cobrir e carga para carregar em seu trajeto e precisa de um pouco mais de energia, aqui está a bicicleta perfeita.

    Reprodução/Forbes
  • RUSH/CTY: US$ 4.499

    A RUSH/CTY é quase idêntica à versão SPEED, mas com velocidade assistida superior de Classe I de 32 km/h. Como o SPEED, tem uma grande bateria e alcance máximo de 185 km, junto com os racks e outros bits.

    Reprodução/Forbes
  • RUSH/CTY STEP-THRU: US$ 4.399

    Em outra época, esse modelo teria sido chamado de “modelo feminino”, mas, com o passar dos anos, grande parte dos pilotos passaram a apreciar a facilidade de um design “step-through” ou “low-step” (estilos mais simples de bicicletas). A STEP-THRU reduz a capacidade da bateria para 529 watts-hora, o que ainda é superior ao que existe no mercado atual. Além disso, seu alcance está na faixa de 48 a 144 km. Ela também não conta com o trilho da estrutura superior, é claro, permitindo que ciclistas de qualquer gênero tenham mais facilidade para montar na bicicleta e seguir em frente. Se seus quadris e joelhos não são mais o que costumavam ser, o STEP-THRU é a opção perfeita.

    Reprodução/Forbes

MOSH/CTY: US$ 3.399

Vamos começar com esta bela surpresa. Enquanto as demais integrantes da Serial 1 são o que chamamos de bicicleta elétrica (embora sejam muito boas), esta é a bicicleta que chamou minha atenção imediatamente. Devo admitir que fui um grande aventureiro em meus dias de juventude e é para isso que a Serial 1 Mosh é feita: pilotos que querem manter as coisas simples e talvez se entreguem a um pouco de travessura. O fato desse ser o modelo mais barato também ajuda em seu potencial. Ele tem um acabamento totalmente preto furtivo, junto com a opção de mistura preto/azul, e não possui os paralamas que são padrão nos outros modelos. A Mosh também dispensa o cubo traseiro do Enviolo em favor de uma roda dentada traseira de velocidade única, que reduz o peso, o custo e a complexidade.

O modelo é 20% mais leve do que os outros, em média. Ele também tem um reforço de quadro adicionado para aqueles que andam com entusiasmo. Inclusive, a foto de divulgação da bicicleta mostra um piloto em ação atravessando escadas enquanto pedala. É claramente a bicicleta mais esportiva do grupo, embora ainda seja capaz de cumprir o dever de transporte.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).