Por que é importante a chegada do SUV 100% elétrico da Audi ao Brasil

E finalmente chegou a vez do Brasil. Após grande sucesso no exterior, o primeiro veículo 100% elétrico da Audi produzido em série desembarca no país, conforme prometido no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018. O lançamento é o protagonista da estratégia de sustentabilidade da marca, que tem o compromisso de ser neutra em carbono até 2050.

Totalmente livre de emissões, o e-tron é produzido em Bruxelas, na Bélgica, e representa um marco na história da Audi. O SUV é montado sobre a plataforma MEB, desenvolvida pelo Grupo Volkswagen para carros elétricos, e conta com dois motores elétricos que oferecem uma potência total de 408 cv, com 664 Nm de torque. A combinação resulta em um arranque de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos, com velocidade máxima limitada eletronicamente em 200 km/h.

“Este é o embaixador perfeito da nova fase do nosso lema: evolução através da tecnologia”, afirma Johannes Roscheck, CEO e presidente da Audi do Brasil.

Divulgação
O SUV e-tron da Audi tem dois motores, cuja combinação resulta em um arranque de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos

O lançamento é mais um passo para colocar o país definitivamente na rota de uma nova era de veículos, ao fomentar uma importante mudança de comportamento em relação ao meio ambiente, além de reforçar a demanda por mais postos de recarga, o que consequentemente estimulará a vinda de mais veículos elétricos ao Brasil.

Graças à nova geração de tração quattro, eletronica nas quatro rodas, a aderência e a adaptação do e-tron a qualquer tipo de terreno é excelente. A distribuição de torques é feita entre os dois eixos em uma fração de segundo. E a tecnologia não para por aí. Com o Audi drive select, o motorista escolhe entre sete perfis de direção: Auto, Comfort, Efficiency, Offroad, Allroad, Individual e Dynamic, que privilegia a esportividade, com maior preferência de torque para o eixo traseiro, enquanto nos outros modos há maior equilíbrio.

Divulgação
Com o Audi drive select, o motorista escolhe entre sete perfis de direção

Há também soluções aerodinâmicas como suspensão a ar, que ajusta individualmente às condições da estrada, além de proporcionar um festejado silêncio no interior da SUV.

Para ter o centro de gravidade semelhante ao de um sedan, o e-tron da Audi possui um sistema de baterias de íons de lítio de 700kg, composto por 36 módulos de alumínio, que garantem uma autonomia de 436 quilômetros, segundo o ciclo europeu de medição WLTP.

Recarregar o SUV da Audi é fácil. Basta ligá-lo a uma tomada, de 110v às de alta tensão. Quanto maior a potência disponível, mais rápido o carregamento. Em uma estação de recarga ultra rápida de 150 kW, por exemplo, é possível carregar até 80% da bateria em apenas 30 minutos.

"Este é o embaixador perfeito da nova fase do nosso lema: evolução através da tecnologia", afirma Johannes Roscheck, CEO e presidente da Audi do Brasil

Para quem optar por recarregar o SUV na garagem, o e-tron tem tecnologia de ponta que permite usar a potência máxima disponível considerando os outros equipamentos elétricos da casa para evitar sobrecarga. É possível ainda programar o melhor horário para a recarga.

Como é costume em carros elétricos, a energia ainda é recuperada de outras duas maneiras: ao tirar o pé do acelerador e quando o freio é acionado. A novidade fica por conta da possibilidade de selecionar um dos três níveis de recuperação de energia, por meio de controle no volante. O nível 0 não recarrega ao soltar o pé do acelerador, o nível 1 tem desaceleração mínima ao recuperar energia e o nível 2 reduz a velocidade de forma acentuada, o que permite a direção usando praticamente apenas o pedal do acelerador em conduções em velocidade baixa.

Divulgação
Lançamento do SUV e-tron, da Audi, faz parte da estratégia da marca de ser totalmente neutra em carbono até 2050

Há ainda o modo automático MMI, tecnologia que faz da Audi a pioneira mundial na utilização em uma produção em série. Por meio dela, o SUV aproveita seu potencial máximo de recuperação em combinação com o sistema de controle integrado de freios eletro-hidráulicos.

A Audi anunciou em fevereiro um investimento de R$ 10 milhões em infraestrutura de recarga de veículos elétricos, para a instalação de 200 pontos até 2022 em pontos como shoppings, academias, hotéis, clubes e restaurantes. A marca ainda se aliou à Porsche, à Volkswagen e à EDP para instalar 30 estações de recarga ultra rápidas em estradas e rodovias brasileiras. Serão 29 estações de 150 kW e uma de 350 kW.

A Audi também anunciou recentemente as 14 concessionárias que terão a bandeira e-tron e contarão com pontos de carga rápida DC de 22 kW e pelo menos um SUV elétrico para test drive.

O e-tron será comercializado no Brasil em duas versões. Na Performance, cujos opcionais são pintura metálica e o Pacote Tecnológico, que inclui head-up display; pre sense dianteiro, que avisa o motorista e prepara o veículo em caso de colisão iminente; e o night vision assist.

Divulgação
No exterior do SUV e-tron Performance Black, há soleiras de alumínio e iluminadas, frisos decorativos High Gloss Black e pinças de freio laranja

Na versão topo de linha, Performance Black, traz bancos dianteiros em Alcântara, acabamentos na cor cinza volcano e teto interior em preto. No exterior, há soleiras de alumínio e iluminadas, capa do retrovisor externo preta, frisos decorativos High Gloss Black e pinças de freio laranja, além do sistema de som Bang & Olufsen 3D, com 16 alto falantes. Os opcionais incluem retrovisores virtuais, faróis Full LED Matrix HD e o Audi Side Assist, que, entre outras coisas, avisa sobre o perigo de mudança de faixa.

O novo SUV e-tron da Audi chega ao Brasil com garantia de 4 anos no veículo e 8 anos nas baterias. Tem preço sugerido de R$ 499.990 na versão Performance e de R$ 539.900 na versão Performance Black. Para festejar o lançamento, a marca oferece condições especiais: as versões saem, respectivamente, por R$ 459.990 e R$ 499.990, além de valorização de até R$ 15.000 na troca do veículo usado.

Veja, na galeria de fotos abaixo, todos os detalhes do novo SUV e-tron da Audi:

  • Frente
    O e-tron tem a grade Singleframe, octogonal, com linhas verticais e horizontais. A linha de ombro é desenhada desde os faróis Full LED até as lanternas, o que dá ao SUV a impressão de um modelo ainda mais próximo do chão. Na borda inferior dos faróis, quatro linhas horizontais são a assinatura e-tron nas luzes diurnas.

  • Traseira
    Na parte traseira, a assinatura ótica mantém o design inaugurado no Audi Q8. Não há, claro, tubos de escape.

  • Lateral
    Na lateral do SUV, a tampa de abertura para acoplar o carregador tem o logotipo e-tron na cor laranja.

  • Rodas
    As rodas são de 21 polegadas, com desenho exclusivo na versão Performance Black.

  • Retrovisores
    No interior, os retrovisores digitais, via câmera, contam com monitores laterais de 7 polegadas, com tecnologia OLED, touchscreen, cujo brilho se ajusta automaticamente, permitindo mais nitidez à noite e em situação como quando há reflexo do sol.

  • Amplo espaço
    O SUV tem 4,9 metros de comprimento, 2,04 metros de largura e 1,63 metro de altura. Seu entre-eixos tem 2,93 metros, o que permite amplo espaço para 5 ocupantes. O bagageiro tem capacidade para 600 litros e, se o banco traseiro for rebatido, 1.725 litros. A ausência de motor na frente permite ainda um compartimento que guarda um kit de ferramentas e o cabo carregador do carro.

  • Teto solar
    O novo modelo da Audi tem teto panorâmico Open Sky, que aumenta a sensação de espaço interno amplo.

  • Bancos
    Os assentos possuem costura reforçada, com ajuste de lombar e memória de configuração para o motorista.

  • Painel
    A área do motorista foi projetada para que os dois displays MMI Touch, 10,1 e 8,6 polegadas, respectivamente, sejam facilmente acionados pelo condutor. No visor superior, o motorista controla dados, os sistemas de entretenimento (com interface para smartphones iOS e Android) e de navegação, e as configurações do e-tron. Na parte inferior, é gerenciada a entrada de texto, as funções de conforto e o ar-condicionado.

Frente
O e-tron tem a grade Singleframe, octogonal, com linhas verticais e horizontais. A linha de ombro é desenhada desde os faróis Full LED até as lanternas, o que dá ao SUV a impressão de um modelo ainda mais próximo do chão. Na borda inferior dos faróis, quatro linhas horizontais são a assinatura e-tron nas luzes diurnas.

*BrandVoice® é de responsabilidade exclusiva dos autores e não reflete, necessariamente, a opinião da FORBES Brasil e de seus editores.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).