Novo Taycan, primeiro esportivo totalmente elétrico da Porsche, chega ao Brasil

Divulgação
Divulgação

Novo Taycan, o primeiro modelo esportivo totalmente elétrico da Porsche: três versões para escolher

A espera acabou. Os brasileiros que encomendaram o novo Taycan, o primeiro modelo esportivo totalmente elétrico da Porsche, em uma das concessionárias da marca em território nacional poderão entrar em 2021 motorizados e com a consciência tranquila.

Tendência em todo o mundo, os veículos elétricos têm ganhado protagonismo justamente por sua capacidade de reduzir sensivelmente a poluição urbana – inclusive a sonora – e, como consequência, frear o impacto negativo que os modelos convencionais têm imposto ao meio ambiente. O primeiro-ministro do Reino Unido, por exemplo, anunciou recentemente que proibirá as vendas de novos veículos com motor a combustão interna a partir de 2030 e dos híbridos a partir de 2035. Esta é a segunda vez que Boris Johnson antecipa a meta. Na França, medida parecida está programada para ser colocada em prática até 2040, enquanto na Noruega o objetivo é ainda mais ambicioso: 2025.

“O dia de hoje marca o início de uma nova era”, declarou Oliver Blume, presidente do Conselho Executivo da Porsche AG, ao apresentar o veículo para o mundo em setembro. “O Taycan conecta nossa tradição com o futuro.”

No Brasil, estarão disponíveis três versões do sedã esportivo de quatro portas: o Taycan 4S, que chega com valores sugeridos a partir de R$ 589 mil (sem frete), o Taycan Turbo, R$ 809 mil, e o Taycan Turbo S, R$ 979 mil. Todas elas incluem um carregador de 11 kW para recarga da bateria de alta tensão que alimenta os motores elétricos, e a instalação no endereço indicado pelo cliente em qualquer lugar do país.

PERFORMANCE, POTÊNCIA E AUTONOMIA

Com dois motores elétricos – um no eixo dianteiro e outro no traseiro – que operam sincronizados e proporcionam tração nas quatro rodas, o Taycan foi desenvolvido para oferecer alto desempenho e esportividade, sem abrir mão do conforto e da comodidade – e o melhor, com potência e autonomia.

Motoristas interessados em potência não vão se decepcionar. O Taycan Turbo S, por exemplo, pode gerar até 560 kW (761 cv) de potência com overboost e em combinação com o sistema Launch Control, enquanto o Taycan Turbo disponibiliza até 500 kW (680 cv) e o Taycan 4S até 390 kW (530 cv). O primeiro acelera de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos, enquanto os demais chegam à mesma velocidade em 3,2 segundos e 4 segundos, respectivamente. A velocidade máxima do Turbo S e do Turbo é de 260 km/h. No caso da versão 4S, chega a 250 km/h.

A autonomia é outro fator importante para proprietários de veículos elétricos. O Turbo S pode rodar até 450 quilômetros com uma carga de bateria, o Turbo até 412 quilômetros e o 4S até 407 quilômetros. Graças à tecnologia elétrica, o Taycan alcança autonomia similar à de um esportivo com motor a combustão.

“Nós prometemos um verdadeiro Porsche para a era da eletromobilidade – um carro esportivo fascinante que não apenas entusiasme por sua tecnologia e dinâmica de condução, mas que também desperte paixão em pessoas de todo o mundo, da mesma forma que fizeram seus legendários precursores. Estamos cumprindo agora essa promessa”, disse Michael Steiner, membro do Comitê Executivo da Porsche AG responsável por Pesquisa e Desenvolvimento, no lançamento.

Até 2022, a estimativa é que a marca alemã invista mais de € 6 bilhões em eletromobilidade, recursos destinados tanto aos métodos de produção quanto aos componentes altamente avançados das novas versões, que estabelecem novos parâmetros nos campos da sustentabilidade e da digitalização.

Um dos diferenciais da nova linha Taycan é que, pela primeira vez, os veículos são equipados com um sistema de 800 volts em vez dos tradicionais 400 volts dos demais modelos elétricos. A inovação concede uma vantagem especial na estrada: em pouco mais de cinco minutos, a bateria pode ser recarregada usando corrente contínua (DC) provida por uma rede de carga de alta potência de 350 kW, para obtenção de uma autonomia de até 100 quilômetros (norma WLTP).

Divulgação
Divulgação

Performance, autonomia, potência e conforto alinhados com o meio ambiente

ECOSSISTEMA PORSCHE

Uma equipe técnica homologada pela montadora ficará encarregada de definir a melhor configuração do equipamento de carregamento, de acordo com a necessidade do proprietário do veículo, e de prestar toda a orientação necessária, incluindo suporte no fornecimento de documentação para o projeto de instalação.

Além disso, os clientes da marca terão, à sua disposição, um ecossistema de carregamento. Isso quer dizer acesso a todas as concessionárias da Porsche no país, todas elas equipadas com oito carregadores de 11 e 22 kW, cuja recarga completa é feita em até nove horas. O Porsche Center São Paulo recebeu, com exclusividade, o primeiro e mais rápido carregador do Brasil, com 350 kW (Recarga DC), fabricado pela ABB com Design Porsche. O proprietário só precisa encostar o carro, plugar o carregador no veículo e aguardar 22,5 minutos para carregar de 5% até 80% da capacidade da bateria.

A montadora também está investindo em uma estrutura de carregamento que permita percorrer longas distâncias com o Taycan. Oitenta carregadores Porsche de 11 kW já estão instalados em 11 estados, em 51 parceiros como shopping centers, hotéis, clubes de golfe e restaurantes. A localização desses parceiros pode ser encontrada no site.

Para completar essa rede de atendimento, a Porsche, em parceria com a empresa do setor elétrico EDP, Audi e Volkswagen, vem criando as chamadas “eletrovias ultrarrápidas”, rotas nas quais existam estações de carregamento de 150 kW ou 350 kW em locais que proporcionem comodidade para os motoristas e a distâncias máximas de 200 quilômetros umas das outras. Essa rede de abastecimento de energia elétrica para as baterias do Taycan e demais modelos eletrificados – pioneira na América Latina – estará disponível em todo o estado de São Paulo nas principais vias, além de conectar as eletrovias já existentes e capitais vizinhas. A primeira estação ultrarrápida já está disponível no Serramar Shopping. A conclusão da iniciativa está prevista para 2022.

DESIGN PURISTA, MUITA INOVAÇÃO E RECONHECIMENTO MUNDIAL

Apesar de tanta inovação, o novo Taycan continuam carregando o DNA da Porsche no que diz respeito ao design. De frente, o novo modelo parece particularmente largo e baixo, com paralamas de contornos elevados. A silhueta é modelada pela linha de teto esportiva, que tende para baixo na traseira, e as seções laterais altamente esculturadas – tão características – também estão presentes. Mas há novidades também nesse campo: o logotipo da marca sinônimo de luxo surge com efeito vítreo, integrado à barra luminosa na traseira, e o cockpit traz uma construção totalmente nova.

O interior dos novos modelos traz mais surpresas: o quadro de instrumentos, independente, curvado e focado no eixo de visão do motorista, é o principal destaque do painel; e todas as interfaces com o usuário foram redesenhadas. A conectividade é garantida por uma tela central de informação e entretenimento de 10,9 polegadas e um mostrador opcional para o passageiro que, combinados, formam uma faixa de vidro integrada com visual preto.

Para completar a conceito de sustentabilidade, pela primeira vez a Porsche anuncia a ausência de couro nos estofados, que foram revestidos de materiais reciclados. “Foot garages” – recuo da bateria na área dos pés, na traseira – proporcionam um maior nível de conforto na acomodação dos passageiros na parte de trás dos veículos.

O reconhecimento ao conceito contemporâneo do novo Taycan elétrico não demorou a chegar. Graças a 27 novos desenvolvimentos, o modelo foi considerado, pelo “AutomotiveINNOVATIONS Report”, publicado pelo Center of Automotive Management (CAM) – instituto científico independente para consultoria estratégica e pesquisa empírica automotiva e sobre mobilidade da Universidade de Ciências Aplicadas (FHDW), localizada em Bergisch Gladbach, na Alemanha – o mais importante introdutor de inovações no mercado automotivo global.

Do total de novos desenvolvimentos, 13 foram considerados inéditos. As inovações reconhecidas pelos cientistas incluem sua arquitetura de 800 volts, a transmissão de duas velocidades no eixo traseiro, o alto poder de recuperação de até 265 kW e um dos melhores índices Cd* no segmento (a partir de 0,22).

*Cd = coeficiente de arrasto aerodinâmico

BrandVoice é de responsabilidade exclusiva dos autores e não reflete, necessariamente, a opinião da FORBES Brasil e de seus editores

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).