Gafisa alavanca negócios com nova cultura organizacional e práticas ESG

Perto de seus 70 anos, empresa investe na transformação para aumentar influência e relevância no mercado imobiliário.

BrandVoice Gafisa
Compartilhe esta publicação:
Gafisa
Gafisa

Sheyla Resende é a vice-presidente de gestão e RH da Gafisa

Acessibilidade


Em seus 67 anos de realizações e sucesso no país – um a cada 130 brasileiros moram em um imóvel da companhia –, a Gafisa vive hoje um importante capítulo de transformação. Desde 2019, uma nova gestão montou um time com profissionais de excelência em diferentes áreas. Entre eles, a vice-presidente de gestão e RH Sheyla Resende. Na empresa há 12 anos, a engenheira civil de 36 anos conduziu, em parceria com a Consultoria Falconi, o desenvolvimento da nova cultura organizacional que se tornou o pilar da transformação e do crescimento da empresa. A seguir, a entrevista com a executiva.

Forbes: Como foi fazer a mudança de cultura na pandemia?

Sheyla Resende: O que parecia ser o maior desafio foi nosso maior aliado. Na pandemia, todos estavam aprendendo a pensar e trabalhar de um modo diferente. Isso facilitou que todos acompanhas – sem o movimento da empresa: foco no crescimento e na ampliação das unidades de negócios. Hoje a Gafisa não é só incorporadora e construtora, é uma plataforma completa de produtos e serviços imobiliários que atua também com serviços, propriedades e capital.

F: Que estratégias a empresa adotou para engajar o time?

SR: A chave do sucesso foi termos envolvido 100% dos colaboradores desde o diagnóstico. Ouvimos o que pensavam nossas pessoas nos escritórios e nas obras. A opinião de cada um contribuiu para criarmos a nova cultura organizacional. O manifesto e os valores que nasceram desse primeiro momento refletem esse conjunto de comportamentos, percepções e sentimentos e geram uma enorme identificação com o time. Capacitamos 11 agentes multiplicadores da cultura e a desdobramos em ações para todos os níveis da empresa. Usamos imagens e tecnologia para chamar atenção e pílulas diárias de conteúdo que reforçam nossas diretrizes. Realizamos um evento online para toda a companhia para celebrar este momento, com o compromisso e o envolvimento da alta liderança.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

F: O que mudou depois disso?

SR: Depois de garantir o alinhamento dos nossos mais de 400 colaboradores com as novas diretrizes, vimos surgir um time forte, ágil, com espírito de dono, focado em resultados. Além da mudança cultural, alguns pro – jetos ajudaram a alavancar essa virada. É o caso da criação de um hub de inovação e da mudança do core business, agora abrangendo outras unidades de negócios.

F: Como a “nova” Gafisa se define?

SR: Estamos trabalhando com um plano estratégico sólido e um olhar mais maduro para nosso negócio. Isso nos permite entender como a companhia impacta na vida urbana e nos lugares onde estamos inseridos, e assim podemos desenvolver projetos que sejam um marco para as cidades e que contribuam também para o meio ambiente. Além disso, olhamos para frentes sociais, de apoio à cultura e à educação, de acordo com o aperfeiçoamento da nossa Política Gafisa ESG. Posso dizer que a nova Gafisa é uma empresa com mindset de inovação, que oferece as mais diversas soluções para os clientes e para o mercado, que é preocupada com suas pessoas e com as comunidades onde atua – e que olha para o futuro com responsabilidade e foco no lucro sustentável.

BrandVoice é de responsabilidade exclusiva dos autores e não reflete, necessariamente, a opinião da FORBES Brasil e de seus editores

Compartilhe esta publicação: