A nova cara do varejo

Com foco em tecnologia e inteligência de dados, startup Compra Agora oferece ecossistema sólido para pequenos e médios lojistas

BrandVoice Compra Agora
Compartilhe esta publicação:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Board da Compra Agora: Renato Boldo – CFO, Carolina Mazziero – CHRO, Cristiane Souza – Managing Director Ecoa Brasil, Wander Smelan – CTO, Juliana Carsoni – Managing Diretor Compra Agora Brasil, Thaise Hagge – Managing Director Compra Agora Latam, Julio Campos – CEO

Acessibilidade


A revolução digital, as mudanças de hábitos e a atualização dos padrões de consumo trouxeram uma nova dinâmica para as organizações. Empresas grandes e pequenas, novatas e centenárias uniram suas forças e seus talentos complementares para se adequar aos novos tempos. Se as startups usam e abusam da tecnologia para resolver problemas do cotidiano em um ritmo cada vez mais veloz, as indústrias detentoras de marcas consagradas conhecem como ninguém o mercado e seus agentes, incluindo aí a enorme quantidade de pequenos e médios varejistas.

Foi da soma dessas duas competências que surgiu o Compra Agora (@compraagora.brasil), fundado em 2020 e gestado dentro de uma das maiores corporações de bens de consumo do mundo, a Unilever. Com faturamento de R$ 4 bilhões em 2021 e previsão de crescimento de 25% em 2022, não é exagero afirmar que o negócio está revolucionando o ecossistema do pequeno e médio varejo.

Liderado na América Latina por Julio Campos, ex-VP de vendas da multinacional, o Compra Agora conecta lojistas, indústrias e distribuidores em um ecossistema dotado de inteligência de dados, transformando a maneira como compram, vendem e se comunicam.

A plataforma, que reúne mais de 40 indústrias de diferentes segmentos, oferece produtos de maneira customizada e guia os clientes com base em modelos preditivos, de acordo com o histórico de compras e informações de mercado, oferecendo, assim, recomendações para cada perfil de consumo. Além disso, possibilita que pequenos e médios lojistas se comuniquem diretamente com as grandes indústrias — uma possibilidade remota até pouco tempo atrás — e disponibiliza crédito amplo e flexível, programa de fidelidade e frete grátis.

“O nosso propósito é contribuir para o pequeno empreendedor otimizar processos de compra e venda e oferecer ferramentas tecnológicas para auxiliar na boa administração do negócio”, diz o CEO Julio Campos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Diversidade como pilar

O Compra Agora, segundo o executivo, nasceu com princípios sólidos em relação à pluralidade, com os olhos voltados para a inclusão e a mente focada na crença de que uma liderança plural é um sólido diferencial competitivo e estratégico. No primeiro trimestre de 2022, o negócio registrou mais de 40% de crescimento, resultado que, de acordo com Campos, foi possível graças à liderança feminina. “Ambientes diversos são mais inovadores e trazem ideias poderosas e enriquecedoras, o que nos permite chegar aos melhores resultados”, diz ele.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O CEO Julio Campos

Pesquisa divulgada em março deste ano pela consultoria Grant Thornton identificou que a média de mulheres em cargos de liderança no Brasil é de 38%. No Compra Agora, 57% do board e 66% da diretoria da empresa são compostos por mulheres.

Expansão orientada por dados

A possibilidade de pequenos e médios lojistas se comunicarem diretamente com as grandes indústrias era remota até pouco tempo atrás. Agora, esse público pode contar com a orientação de dados e mais agilidade no processo de reposição de estoque, entre outras vantagens. “Entregamos recomendações personalizadas de acordo com a frequência de transações e em produtos com alta aderência com o sortimento que o cliente já disponibiliza. Essa inteligência transforma a rotina de compras, que é um dos processos nos quais mais se investe tempo”, explica Juliana Carsoni, managing director do Compra Agora no Brasil.

Pequenos e médios varejistas, segundo ela, somam 1 milhão de estabelecimentos no país. Por isso, o Compra Agora já dispõe da capilaridade necessária para atendê-los em todo o Brasil, graças ao seu portfólio de indústrias e distribuidores parceiros. “Queremos que nossos clientes comprem bem, administrem bem e vendam bem. Trabalhamos para que o negócio deles cresça e se desenvolva, porque assim geramos um alto impacto social e econômico por meio do fortalecimento do empreendedorismo local”, finaliza Carsoni.

*BrandVoice é de responsabilidade exclusiva dos autores e não reflete, necessariamente, a opinião da FORBES Brasil e de seus editores.

Compartilhe esta publicação: