Como descobrir se a relação com o chefe está ruim

Jon Feingersh Photography Inc/Getty Images
Determine se você ama o que faz para ganhar a vida. Pergunte a si mesmo se você está em um relacionamento de trabalho saudável.

O Dia dos Namorados, comemorado nos Estados Unidos em meados de fevereiro, é uma pausa perfeita para quem enfrenta um rigoroso inverno, cheio de gelo e neve, nessa época do ano.

LEIA MAIS: 5 perguntas ao chefe que se interessa por você

Na data, o humor nos ambientes corporativos costuma estar muito melhor. As pessoas esboçam sorrisos, buquês de rosas vermelhas são entregues e caixas de chocolate compartilhadas. Mas, para aqueles que não estão em uma relação amorosa ou que passaram por um término recente, pode ser que o dia não seja assim tão animador.

Além de pensar em romance, este pode ser também o momento perfeito para pensar em como você se sente em relação ao seu trabalho, chefe e empresa. Determine se você ama o que faz para ganhar a vida. Pergunte a si mesmo se você está em um relacionamento de trabalho saudável. E comece a pensar sobre o rumo de seu relacionamento no que diz respeito ao seu trabalho.

Abaixo estão algumas dicas – de perguntas pessoais – para estimular uma reflexão sobre o seu relacionamento com sua empresa e chefe:

1. Você tem medo, ou fica angustiado, antes entrar no escritório? Seu chefe está tornando sua vida infeliz? Ou faz com que você se sinta mal devido ao estresse, pressão e expectativas utópicas? Aqueles que deveriam ser solidários, seus colegas de trabalho, o tratam bem ou são hostis, grosseiros e mal-educados?

2. Seu chefe valoriza seu trabalho ou se aproveita de você? Ele o trata com mesquinhez, sem nenhum cuidado ou remorso? Ele o compara a outras pessoas que já ocuparam o seu lugar? Faz ameaças constantes de demissão caso você não se adapte ou mude? Dá sempre um jeitinho de espionar sua vida e saberia, com certeza, caso você estivesse buscando um novo emprego? Você tem a sensação de que alguém – provavelmente ele – vasculhou sua mesa procurando pistas sobre coisas que você tem feito?

3. Você se sente desprezado e esquecido? Você sente que ninguém se preocupa? Quando você quer conversar com o seu chefe, sente que ele adia esses encontros e nunca tem tempo para você? Quando tenta compartilhar seus sentimentos ou algo promissor sobre sua carreira – até mesmo sobre seu progresso e pretensões futuras – seu chefe costuma escutá-lo?

SAIBA TAMBÉM: Logo seu chefe poderá ser um robô – e você vai gostar dele

Se isso tudo parece familiar, então você precisa começar a pensar em procurar uma nova equipe. Veja o que fazer em seguida se chegou a essa conclusão:

1. Dê ao seu chefe uma última chance para ele mostrar que se importa com você e com o seu progresso. Se ele não escutá-lo ou valorizar seu trabalho, pode ter certeza que está na hora de ir em busca de um novo emprego;

2. Atualize o seu currículo e perfil no LinkedIn, entre em contato com os principais recrutadores e compre uma roupa nova para a entrevista de emprego que lhe dará o trabalho que você merece;

3. Comece a praticar a sua performance na entrevista, procure empregos on-line e faça contatos com novas pessoas. Além disso, volte a procurar antigos colegas de trabalho – pode ser que eles o ajudem.

Não há motivos para insistir em uma relação de trabalho unilateral. É preciso haver respeito e apreciação de ambos os lados. Se o seu chefe não se importa com você, não há razão para permanecer no emprego. Tenha confiança e força o suficiente para se defender. Tome coragem e acredite que existe um trabalho perfeito esperando por você. Com certeza, há muitas outras empresas que ficarão felizes em tê-lo em seu quadro de funcionários. A vida é muito curta para se contentar com menos do que você merece.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).