7 maneiras de manter a mente funcionando em um trabalho que você odeia

Paul Bradbury
Trabalhar em um local que você odeia pode comprometer o bem estar no ambiente profissional e pessoal

Resumo:

 

  • Ir todos os dias a um emprego que você odeia pode prejudicar tanto o bem-estar no ambiente profissional quanto pessoal;
  • Se entregar a esse desgaste constante esgotará a força mental necessária para pensar, sentir e agir da melhor maneira possível, de modo a prejudicar o desempenho no trabalho;
  • Se concentrar apenas no que se pode controlar, fazer um amigo e reclamar somente com aqueles capazes de solucionar o problema são estratégias para ter resiliência.

Ir todos os dias a um emprego que você odeia pode ter um efeito sério no seu bem-estar, e é muito provável que esse prejuízo seja transmitido para a sua vida pessoal.

VEJA MAIS: 10 coisas a se fazer quando você odeia o seu trabalho

É comum passar metade dos seus domingos temendo a chegada de segunda-feira, o que resulta na perda de horas preciosas do fim de semana. Além disso, sua família provavelmente testemunha seu mau humor toda vez que você chega do trabalho.

Se não tiver cuidado, uma profissão que você odeia pode esgotar rapidamente a força mental necessária para pensar, sentir e agir da melhor maneira possível, prejudicando seu desempenho no trabalho.

No entanto, mesmo nesta situação difícil, é possível tomar medidas a fim de permanecer mais forte mentalmente.

Crie um ambiente que construa força mental. Se o seu trabalho ainda estiver o desgastando tanto emocional quanto fisicamente, troque-o. Arranje um novo emprego, arrisque uma carreira diferente.

Uma definição de força é ser resiliente (saber lidar com situações tóxicas e prejudiciais e resistir ao sofrimento). Todavia, deixar o emprego não é necessariamente um sinal de fraqueza, esta atitude pode ser um símbolo de força e a chave para o desenvolvimento do músculo mental necessário a fim de atingir seu maior potencial.

Veja, na galeria a seguir, sete dicas para se manter focado mesmo se você detesta seu trabalho:

  • 1. Crie limites claros

    Ser impaciente com um colega de trabalho que monopoliza seu tempo ou se irritar com alguém que tenta receber crédito por suas atividades são comportamentos que sinalizam uma possível violação dos seus limites.

    A ideia de dizer frases como “não vou continuar essa conversa” ou “na verdade, fui eu quem terminou esse relatório” podem ser intimidadoras.

    Todavia, você deve definir limites para os comportamentos que não quer tolerar. Gerencie suas emoções, se imponha e responda a problemas de maneira produtiva.

  • 2. Concentre-se apenas no que você pode controlar

    Seu chefe é um idiota? Sua empresa possui políticas ridículas? É provável que essas coisas não mudem tão cedo, portanto, não desperdice energia naquilo que você não pode controlar.
    Ao invés disso, foque em administrar como você responde a essas situações.

  • 3. Reclame apenas com aqueles que podem ajudar

    Um estudo de 2015 constatou que, quando os funcionários reclamavam de alguém para um colega, seus humores pioravam, e o engajamento de ambos diminuía por dois dias. Repensar uma experiência difícil com um colega de trabalho só fará com que ela fique na sua mente por mais tempo

    Embora possa parecer satisfatório no momento, reclamar com aqueles incapazes de corrigir uma situação, não resolve o problema.

    Se você realmente precisar de ajuda para lidar com alguém, procure um supervisor ou um membro do RH. Converse com os profissionais que podem realmente contribuir para solucionar o inconveniente, se necessário.

  • 4. Faça um amigo

    Lembre-se de que as amizades no escritório devem se basear em algo que você compartilha fora daquele ambiente e não conversas rasas sobre o trabalho.

    Faça um amigo, e você aumentará a satisfação no espaço profissional em 25%. Em vista disso, não tenha medo de conhecer algum colega mais a fundo.

    Mesmo que nada mais mude, pelo menos haverá alguém com quem conversar nos corredores. Isso por si só pode fazer você se sentir melhor no seu trabalho.

  • 5. Aproveite o tempo de almoço para relaxar

    Um estudo de 2018 revelou que a melhor maneira de obter um período revigorante durante uma pausa para o almoço é praticar exercícios de atenção plena. Os indivíduos que exercitaram meditação de consciência do momento presente por alguns minutos neste horário experimentaram níveis mais altos de bem-estar ao final do dia de trabalho.

    Não almoce em sua mesa. Afaste-se dessa atmosfera e faça algo que relaxe sua mente e corpo. Isso ajudará bastante na segunda metade do seu dia.

  • 6. Faça bastante exercício e durma

    Uma pessoa que é maltratada no local de trabalho provavelmente irá maltratar seus entes queridos quando estiver em casa.

    De acordo com um estudo realizado pela Universidade da Flórida Central, a melhor maneira de evitar e eliminar frustrações quanto à família é dormir bastante e se exercitar. Indivíduos fisicamente ativos e que dormem por mais tempo são menos propensos a serem rudes com seus familiares após serem tratados da mesma forma por um colega de trabalho difícil.

  • 7. Estabeleça uma estratégia de saída

    Um ambiente de trabalho tóxico pode desgastar até as pessoas mais fortes ao longo do tempo. Portanto, crie um plano de saída claro, identificando quando e como ela se dará.

    Se você não gosta do seu trabalho, precisa de uma luz no fim do túnel. É possível optar por ficar mais um ano com a esperança de que as coisas melhorem ou então seja necessário permanecer até que sua situação financeira se encontre mais estável. De qualquer forma, não sucumba a 40 horas miseráveis ​​por semana durante toda a vida.

1. Crie limites claros

Ser impaciente com um colega de trabalho que monopoliza seu tempo ou se irritar com alguém que tenta receber crédito por suas atividades são comportamentos que sinalizam uma possível violação dos seus limites.

A ideia de dizer frases como “não vou continuar essa conversa” ou “na verdade, fui eu quem terminou esse relatório” podem ser intimidadoras.

Todavia, você deve definir limites para os comportamentos que não quer tolerar. Gerencie suas emoções, se imponha e responda a problemas de maneira produtiva.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).