10 perguntas para descobrir se você está no emprego certo

Westend61
Refletir sobre o dia a dia no trabalho ajuda a descobrir com mais facilidade se o emprego atual é o ideal para si

Quando se trata de alcançar o tipo de sucesso que deseja em sua carreira, não há melhor pergunta a se fazer do que: “Meu trabalho é adequado para quem eu sou?”. A questão é a seguinte: se deseja encontrar significado, satisfação e até alegria em sua ocupação, então, ser você mesmo de forma consistente é fundamental.

Contudo, na maioria das vezes, a menos que a função seja obviamente inadequada, a os profissionais acabam tentando ser alguém que não são, em vez de encontrar ativamente um jeito de atuar verdadeiramente.

VEJA MAIS:Como transformar radicalmente sua carreira em 2 perguntas

Eu também estive nessa situação e agora estou do outro lado, em uma carreira que realmente parece ter sido feita para mim. Acredito que você também pode chegar lá, mas, encontrar um emprego alinhado com a sua personalidade não é algo que aprendemos na escola. Por isso separamos 10 perguntas que o ajudarão a descobrir com mais facilidade se o seu emprego atual é o ideal para si.

Se responder “sim” a quatro ou mais questões, é provável que seu trabalho não esteja alinhado com a sua personalidade. Nesse caso, o mais importante a lembrar é o seguinte: não há nada de errado com você.

Isso não significa que precise pular imediatamente do navio. Primeiro, sempre vale a pena descobrir se é possível fazer pequenos ajustes, como conversar com seu chefe ou buscar ativamente projetos alinhados à função em que é o melhor e que tenham um objetivo que o atenda. É viável também explorar outros departamentos da empresa para descobrir se há outras oportunidades.

E se não? Você pode começar sua busca por emprego sabendo que existe uma combinação melhor por aí.

Veja as perguntas na galeria de imagens a seguir:

  • 1. Ao receber um feedback construtivo, isso exige que trabalhe em uma habilidade que não lhe parece intuitiva? Por exemplo, supõe-se que seu chefe deseja que você melhore em falar em público, algo que não apenas acha aterrorizante, mas também não tem vontade de fazer. Ou então, é solicitado a escrever memorandos de política para sua empresa, mas você sempre teve muito mais facilidade com números.

  • 2. Acha os colegas de trabalho que recebem elogios e promoções frequentes têm um conjunto de habilidades muito diferente do seu, ainda que tenham funções semelhantes?

  • 3. Você costuma se sentir inseguro porque, não importa o quanto trabalhe, ainda parece que não consegue atender às expectativas de sua equipe ou do seu superior?

  • 4. Tornar-se um superfuncionário na sua empresa ou na sua função atual parece impossível ou algo que você nem deseja?

  • 5. O trabalho parece mais exaustivo, como se as horas no relógio estivessem sempre passando muito devagar?

  • 6. Você sente que seu supervisor e colegas de trabalho realmente não o entendem?

  • 7. Você se sente “desconectado” regularmente no trabalho, mas não sabe por quê?

  • 8.Os principais motivos para permanecer na empresa são a busca por segurança ou benefícios do emprego (ou ambos)?

  • 9. A ideia de procurar um novo emprego é mais assustadora do que lidar com as tarefas diárias de sua função atual?

  • 10. Você sempre se pergunta se o sentimento de mediocridade é o melhor que pode conseguir?

1. Ao receber um feedback construtivo, isso exige que trabalhe em uma habilidade que não lhe parece intuitiva? Por exemplo, supõe-se que seu chefe deseja que você melhore em falar em público, algo que não apenas acha aterrorizante, mas também não tem vontade de fazer. Ou então, é solicitado a escrever memorandos de política para sua empresa, mas você sempre teve muito mais facilidade com números.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).