Quer ser um líder melhor? Veja como otimizar sua energia e inteligência emocional

Getty Images
Getty Images

Muitos líderes mais bem-sucedidos são emocionalmente inteligentes e possuem um alto nível de autoconsciência

Todos nós já trabalhamos com líderes totalmente ignorantes. Completamente alheios às pessoas ao seu redor, ao seu ambiente e, pior ainda, ao seu próprio comportamento, essas pessoas culpam forças externas por suas dificuldades. São cegos e não entendem por que suas carreiras não progrediram ou por que suas equipes recorreram a mesquinharia e brigas.

Não é necessariamente que essas pessoas sejam más; eles simplesmente não dominam a única coisa que pode ajudá-los a elevar sua liderança: sua energia.

VEJA TAMBÉM: Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, e fique por dentro de tudo sobre empreendedorismo

Acredito há muito tempo que os líderes mais bem-sucedidos são emocionalmente inteligentes e possuem um alto nível de autoconsciência. Eles têm uma compreensão clara de como agir com o mundo, e também como a sua energia afeta os outros. Eles sabem que está tudo conectado –suas interações com outros, como eles são percebidos, suas atitudes e respostas no momento– e que tudo pode ser aprimorado através de uma melhor auto-consciência.

Ao pesquisar esse tópico, deparei-me com o trabalho de Bruce D. Schneider, autor e fundador do iPEC (Instituto de Excelência Profissional em Coaching), e cujas crenças refletem fortemente as minhas. Em seu livro “Energy Leadership: Transforming Your Workplace and Your Life from the Core” (“Liderança com Energia: Transformando Seu Local de Trabalho e Sua Vida a Partir do Núcleo, em tradução livre), Schneider apresenta a noção de liderança com energia, que ele define como “o processo que desenvolve um estilo de liderança pessoalmente eficaz, que influencia positivamente e muda não apenas você mesmo, mas também aqueles com quem trabalha e interage, bem como sua organização como um todo”. Schneider diz que essa liderança também é a “capacidade de mudar ou liderar energia para fazê-la funcionar para você, aqueles que o rodeiam e sua organização”.

Mas, para cultivar o poder da sua energia (que Schneider iguala à produção potencial), primeiro você precisa reconhecer como ela se manifesta. Segundo Schneider, existem dois tipos básicos de energia, que recebem seus nomes dos hormônios que produzem no corpo: anabólico, que é intencional e construtivo, e catabólico, que é reativo e destrutivo.

Líderes ideais são líderes anabolizantes, o que significa que eles criam e atraem automaticamente o sucesso. Infelizmente, Schneider diz que quase 85% dos líderes são catabólicos, destruindo a energia e o momento das pessoas ao seu redor e da empresa como um todo, muitas vezes sem saber que estão fazendo isso.

Compreender o nível de autoconsciência, como Schneider fala, no qual você está operando, é a chave para liberar seu potencial de liderança. Ele diz que existem sete níveis de energia, do líder mais catabólico ao mais anabólico.

Schneider acredita que seu nível de consciência, e a energia que produz, atrai ou repele pessoas, eventos e resultados desejados ou indesejados. Líderes nos níveis mais baixos têm egos frágeis e acreditam que tudo gira em torno deles; aqueles nos níveis mais altos têm egos saudáveis ​​e estão cada vez mais abertos às ideias dos outros. Quanto maior o seu nível de consciência, mais energia você tem mais produtivo você é, pacífico, poderoso e saudável você é.

LEIA MAIS: 3 perguntas para fazer a si mesmo se estiver entediado com sua carreira

A boa notícia, diz Schneider, é que seu nível de energia não é fixo, mas opera em um espectro fluido. Mesmo que hoje você se encontre pairando em um nível combativo fazer uma pausa para refletir e reconhecer seus comportamentos pode ajudá-lo a mudar para um nível de energia mais saudável e produtivo.

Por fim, quando você está mais consciente de sua energia e seu impacto sobre os outros, você pode trabalhar para canalizá-la de maneira mais consistente e eficaz para um pensamento de nível superior e se tornar um líder mais capaz e bem-sucedido.

Veja todos os níveis na galeria a seguir:

  • Nível 1

    Você possui uma mentalidade de vítima, acreditando que não tem escolha e que as coisas estão apenas acontecendo com você. Você está em crise, com medo, ansioso, triste e falha em agir.

    iStock
  • Nível 2

    Você sente necessidade de lutar e não pode confiar em ninguém para fazer o que é certo. Você está com raiva, combativo e ressentido, e tem uma atitude de “nós contra eles”. Você provavelmente é um micro-gerente.

    iStock
  • Nível 3

    Você tem pensamentos positivos e capacidade de aceitar a responsabilidade de suas ações. Você é justo, lógico e resistente.

    Getty Images
  • Nível 4

    Você se concentra em sua equipe e possui habilidades excepcionais para as pessoas. Você vê as circunstâncias e as pessoas objetivamente, e é compassivo, brincalhão, generoso e prestativo.

  • Nível 5

    Você tem a mente aberta e vê os desafios como oportunidades de crescimento e desenvolvimento. Você não tenta mudar os outros; em vez disso, você se concentra em aceitar e reconciliar diferenças. Você é calmo, otimista e em paz.

    Getty Images
  • Nível 6

    Você é motivado por sua intuição e pode ser um gênio criativo e visionário. Você vê os outros ao seu redor como uma extensão de si mesmo, que promove uma atitude de empoderamento e conquista entre os membros da equipe, criando cenários em que todos saem ganhando.

    Getty Images
  • Nível 7

    Você é o tipo mais raro de líder, com completa falta de culpa, de vergonha e do medo de fracassar. Você não faz julgamentos, é apaixonado e destemido, cria e observa ao mesmo tempo.

    Getty Images

Nível 1

Você possui uma mentalidade de vítima, acreditando que não tem escolha e que as coisas estão apenas acontecendo com você. Você está em crise, com medo, ansioso, triste e falha em agir.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).