Cinco estratégias para pais em busca de emprego

Getty Images
Getty Images

Não é uma surpresa que pais desempregados ainda não saibam a melhor forma de procurar emprego

Com a pandemia em andamento e a escola sem previsão de volta em vários lugares, não é uma surpresa que pais desempregados ainda não saibam a melhor forma de procurar emprego. Claro, as incógnitas sobre a volta às aulas, trabalho e a economia em geral tornam a busca por trabalho ainda mais difícil, mas não impossível. Como os empregadores e os candidatos estão enfrentando as mesmas incertezas, você tem a oportunidade de cocriar com seu futuro empregador uma situação vantajosa.

Em meus mais de 20 anos de recrutamento e coaching, vi milhares de planos de carreira, incluindo pais que trabalham e escolhem empregos tradicionais em tempo integral, negócios que se juntam com estilo de vida próprios para passar mais tempo com a família, ou com combinações de folga, meios períodos e outras formas para misturar trabalho e família. Todos esses caminhos têm histórias de sucesso.

VEJA TAMBÉM: Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, e fique por dentro de tudo sobre empreendedorismo

No entanto, do ponto de vista da procura de emprego, os pais trabalhadores que tiveram sucesso em serem contratados (ou terem clientes) o fizeram com base em suas qualificações para o trabalho em questão. Escolha seu próximo movimento de carreira com base em suas prioridades profissionais e pessoais, mas faça o trabalho de buscar um emprego –conheça sua indústria e empresas-alvo, faça seu marketing de maneira eficaz, tenha uma boa entrevista e negocie bem (para uma melhor flexibilidade e outras coisas).

Veja na galeria de imagens a seguir cinco dicas para pais que procuram empregos hoje:

  • 1.Esboce seu trabalho e ambiente de trabalho ideais

    Se você pudesse ter exatamente a agenda perfeita e o suporte necessário, o que seria? Se você pudesse trabalhar apenas com os projetos e responsabilidades contínuas que deseja, o que escolheria? Se você não tem certeza de como responder a essas perguntas, porque precisa de mais informações sobre a programação de seus filhos ou de seu parceiro, quais são os detalhes específicos de que você ainda precisa tomar em consideração?

    Responda a essas perguntas honestamente, mesmo se você achar que não é realista encontrar um emprego que atenda a todos os seus critérios. É importante conhecer e lutar pelas suas condições ideais, porque se você não se permitir pensar grande na fase de planejamento, você já está negociando para baixo. Você também pode ignorar algo que é fundamental para torná-lo bem-sucedido em qualquer que seja o seu próximo passo na carreira. Se você não sabe exatamente o que quer, como vai encontrá-lo (ou criar condições para se tornar um empreendedor próprio)?

    Getty Images
  • 2.Procure criar seu emprego ideal onde você estiver

    Mesmo que você não tenha um emprego, organize sua casa para o seu ambiente de trabalho ideal, usando o seu tempo de trabalho no futuro para a procura de emprego (quando você está desempregado, seu emprego deve ser sua procura de emprego!). Isso dá às pessoas ao seu redor a chance de se acostumarem com o cronograma e as responsabilidades que você terá quando conseguir o novo emprego. Isso também lhe dá a oportunidade de fazer ajustes para o que não funciona.

    Por exemplo, digamos que você pense que sua programação ideal é um bloco de três horas ininterrupto pela manhã para o trabalho, depois um almoço mais longo, onde você pode se concentrar nas crianças e na família, e depois outro bloco de trabalho ininterrupto. Na prática, você pode perceber que você é mais produtivo em um período de 90 minutos, e pausas distribuídas ao longo do dia. Ou você pode perceber que a escola de seu filho será programada de mais intensamente em dois dias específicos da semana, então, a melhor combinação é aumentar seu trabalho nos outros três dias restantes. Experimentar na vida real e em tempo real é a maneira mais precisa de organizar seus planos e refiná-los para a realidade futura.

    Getty Images
  • 3.Delineie condições para o seu próximo trabalho

    Saber qual é o seu trabalho ideal, dá a oportunidade de olhar apenas para empresas que podem oferecer uma estrutura compatível, por exemplo, a capacidade de trabalhar três dias apenas. No entanto, a flexibilidade pode estar disponível, mas não anunciada. Você pode negociar e ser o pioneiro de uma empresa que pode não ter pensado em se programar para uma maneira específica, mas está disposta a fazer isso por você. Baseie suas metas de busca de emprego principalmente no que você deseja para o próximo passo na carreira. Suponha que você possa negociar as especificações de seu ambiente de trabalho.

    Dito isso, preste atenção em quais setores e funções podem oferecer mais flexibilidade. Se um trabalho é claramente projetado para ser feito em um local específico (por exemplo, supervisionando uma fábrica ou gerenciando a área de recepção do escritório), você deve esperar que a flexibilidade de negociação seja muito mais difícil, senão impossível. Delinie condições, mas fique longe de trabalhos onde a inflexibilidade esteja embutida.

    Getty Images
  • 4. Não faça perguntas difíceis tão cedo

    Embora eu tenha acabado de dizer que muitos empregos são mais flexíveis do que os seus anúncios, isso não significa que você deva perguntar abertamente sobre flexibilidade desde o início. Quando você estiver sendo entrevistado, concentre-se em se vender e fazer o empregador querer você 100%. Guarde todas as suas dúvidas sobre flexibilidade para você até ter certeza de que o empregador está convencido sobre você para o trabalho. Sondar muito cedo faz com que você pareça menos interessado no trabalho. Pior, você parece ser exigente (já está perguntando sobre mudanças quando ainda nem começou).

    Se você deseja pesquisar sobre as regras da empresa durante a entrevista, pergunte a um ex-funcionários ou funcionários atuais que não estão envolvidos em seu processo de contratação. As perguntas que você faz durante o processo de entrevista devem ser sobre a natureza do trabalho e sobre o que o empregador precisa e deseja nesta nova contratação. As perguntas que você faz durante as entrevistas precisam se concentrar em como você pode ajudar o empregador –não o contrário– embora, é claro, você também precise pensar em si mesmo.

    Getty Images
  • 5. Seja criativo ao definir seu próximo passo

    Digamos que suas entrevistas e sua devida diligência revelem uma função que seria ótima para sua carreira, mas não se encaixa nas prioridades de sua família. Você pode tentar negociar alguma flexibilidade, mas a natureza do trabalho –o fluxo de trabalho, prazos e/ou responsabilidades contínuas– podem não ser compatível com a programação que você deseja. Se você realmente gosta da empresa, pode começar em meio período e aumentar aos poucos? Você pode consultá-los, tornando-os seu primeiro cliente e fazer um acordo para trabalhar em casa? Você pode obter suporte adicional em casa ou negociar com a empresa mais flexibilidade, para que se possa ter um meio-termo?

    Seu próximo passo na carreira não precisa ser um emprego tradicional de tempo integral. Pode ser ter empregos de meio período ou construir um negócio. Pode ser mudar seu lado pessoal. Você também pode iniciar um caminho e mudar em seis meses. Assim como você deseja delinear sua situação ideal para saber o que deseja, passe algum tempo refletindo, até mesmo com ideias malucas de coisas que não quer, para ampliar sua perspectiva e garantir que você não esteja estreitando suas opções.

    Getty Images

1.Esboce seu trabalho e ambiente de trabalho ideais

Se você pudesse ter exatamente a agenda perfeita e o suporte necessário, o que seria? Se você pudesse trabalhar apenas com os projetos e responsabilidades contínuas que deseja, o que escolheria? Se você não tem certeza de como responder a essas perguntas, porque precisa de mais informações sobre a programação de seus filhos ou de seu parceiro, quais são os detalhes específicos de que você ainda precisa tomar em consideração?

Responda a essas perguntas honestamente, mesmo se você achar que não é realista encontrar um emprego que atenda a todos os seus critérios. É importante conhecer e lutar pelas suas condições ideais, porque se você não se permitir pensar grande na fase de planejamento, você já está negociando para baixo. Você também pode ignorar algo que é fundamental para torná-lo bem-sucedido em qualquer que seja o seu próximo passo na carreira. Se você não sabe exatamente o que quer, como vai encontrá-lo (ou criar condições para se tornar um empreendedor próprio)?

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).