Como mudar de carreira com sucesso, mesmo durante a pandemia

 Klaus Vedfelt/Getty Images
Klaus Vedfelt/Getty Images

Habilidades e experiências da antiga ocupação devem ser usadas como qualificação

“Tudo o que aconteceu me deu incentivo para fazer o que eu quero fazer agora.”

Fiquei impressionada com o número de vezes que ouvi alguma versão disso de grandes empreendedores em diferentes setores desde o início desta pandemia. Embora o cenário tenha criado novos níveis de incerteza, para algumas pessoas, também acendeu o desejo de finalmente dar o salto para uma carreira mais gratificante.

Leia mais: 5 maneiras de parecer mais inteligente em uma entrevista de emprego

Se você é um daqueles profissionais que desejam fazer a transição para uma nova carreira agora, a ideia de mudar pode ser empolgante e assustadora. Você pode estar se perguntando como se destacar na multidão ou como mostrar aos empregadores que pode ter sucesso em seu novo setor.

Mas não deixe que essas perguntas tirem o seu sono.

Veja na galeria de imagens a seguir cinco passos para mudar de carreira com sucesso agora:

  • 1. Entenda quais são suas opções

    Em vez de pular de cabeça em sua busca de emprego e dizer: “Estou aberto!”, você precisa estar ciente das várias empresas, funções e oportunidades disponíveis que se alinham com sua experiência e interesses antes de decidir mudar. Isso lhe dará um foco claro e o ajudará a tomar a decisão mais bem informada sobre a próxima etapa certa para você. Quando você pensa em suas opções, muitas vezes descobre que existem mais maneiras diferentes de seguir para um novo setor do que você esperava inicialmente.

    Willie B. Thomas/Getty Images
  • 2. Mude sua história

    Provavelmente, você passou os últimos anos se concentrando em seu setor atual e provavelmente está acostumado a explicar sua experiência e realizações de uma certa maneira que faz sentido com esse setor específico. Mas, agora que você está pronto para fazer uma mudança, também precisa mudar sua narrativa. Este é um desafio para quase todas as pessoas que ajudei a fazer transições com sucesso. Romper com seu setor atual é uma necessidade.

    Isso significa criar uma nova forma de se comunicar que enfatize seu valor e mostre a perspectiva única que você traz de suas funções anteriores e do setor. Também significa romper com a linguagem e o jargão que você usou para descrever sua experiência e adotar a linguagem que seu novo setor usa para que você tenha uma chance melhor de comunicar claramente seus conhecimentos relevantes.

    Morsa Images/Getty Images
  • 3. Foque em suas qualidades

    Mesmo se você ficar ciente de suas opções e mudar sua história, isso não é suficiente. Você também precisa saber como aproveitar seu valor único e inegável. Por exemplo, tive um cliente que queria fazer a transição de finanças para marketing e sentiu que seu passado em finanças iria impedi-lo. Mas, depois que refletiu sobre suas opções e aproveitou seu valor único, rapidamente descobriu que sua formação financeira dava uma vantagem para as funções de marketing sênior que desejava. Ele percebeu, com suas habilidades de marketing, que sabia melhor do que a maioria dos candidatos típicos como analisar e prever demonstrações de resultado, como impulsionar o crescimento financeiro e como identificar oportunidades para melhorar o desempenho dos negócios.

    Eu chamo isso de “vantagem x deficiência”. Você precisa deixar claro como aproveitar sua experiência única, para que as empresas o vejam como ativo, e não como passivo.

    Compassionate Eye Foundation/Getty Images
  • 4. Conecte-se com pessoas da área

    Parte de conseguir uma nova função em um novo setor o mais rápido possível é não esperar que as oportunidades caiam em seu colo. Se você está apenas enviando seu currículo e esperando, está se limitando. Pesquise pessoas no LinkedIn que trabalhem nos setores e funções em que você está interessado e construa relacionamentos mutuamente benéficos com eles. Quando feito da maneira certa, você não só ganhará novos amigos em seu novo setor que querem ajudá-lo a ter sucesso, mas também aprenderá maneiras mais eficientes de se destacar e aparecer como um dos melhores candidatos em sua busca de emprego.

    Tom Werner/Getty Images
  • 5. Não presuma que você deve começar do zero

    O maior equívoco que vejo dos grandes empreendedores ansiosos para fazer uma mudança de carreira é que eles erroneamente acreditam que precisam dar um passo para trás ou começar de baixo para fazer isso. Portanto, em vez de considerar como podem fazer uma mudança lateral ou até mesmo subir de nível em seu novo setor, eles se inscrevem apenas para cargos de nível básico ou júnior.

    Não cometa o erro de presumir que você tem que aceitar pouco para mudar de carreira, especialmente quando você já tem anos de experiência valiosa que pode ser benéfica para o próximo setor. Uma das minhas clientes, Chelsea, cometeu este erro e rapidamente descobriu que ela estava sendo pouco ambiciosa. Depois de seguir essas etapas, ela deixou de trabalhar no ensino superior para conseguir um emprego incrível na CBS, fazendo exatamente o que queria.

    Marko Geber/Getty Images

1. Entenda quais são suas opções

Em vez de pular de cabeça em sua busca de emprego e dizer: “Estou aberto!”, você precisa estar ciente das várias empresas, funções e oportunidades disponíveis que se alinham com sua experiência e interesses antes de decidir mudar. Isso lhe dará um foco claro e o ajudará a tomar a decisão mais bem informada sobre a próxima etapa certa para você. Quando você pensa em suas opções, muitas vezes descobre que existem mais maneiras diferentes de seguir para um novo setor do que você esperava inicialmente.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).