3 dicas para aumentar sua visibilidade no LinkedIn

SOPA/Getty Images
SOPA/Getty Images

Dedicar alguns minutos do seu dia às publicações atrairá os olhos de clientes em potencial, assim como de colegas

Às vezes é difícil sentir que suas postagens no LinkedIn estão fazendo alguma diferença. Você publica algo e recebe alguns likes, talvez um comentário, mas nada que o leve a algum lugar. Você até já ouviu falar sobre pessoas comuns que viralizaram, mas por que isso nunca acontece com você?

As pessoas que se tornaram virais não tiveram apenas sorte. Embora esta última tenha um papel importante, existem três etapas simples que você pode seguir para aumentar o número de pessoas que veem suas postagens.

LEIA MAIS: 6 recursos interessantes no LinkedIn para consultores e quem procura emprego

Veja, na galeria de imagens, 3 dicas para aumentar sua visibilidade no LinkedIn:

  • 1. Comentários e hashtags

    O objetivo das redes sociais é ser social. O LinkedIn encoraja esse comportamento, então seu algoritmo foi desenvolvido para recompensar aqueles que seguem essa regra. Assim, comece a adicionar comentários que atraiam as pessoas. Se você não escrever nada, tudo o que as pessoas verão é um link ou foto aleatória sem contexto.

    Adicionar uma legenda nas suas publicações não apenas aumenta sua visibilidade, mas incentiva as pessoas a comentarem. Se você notar, aqueles posts que se tornam virais têm milhares de comentários, e isso porque o perfil original incentivou o feedback. Assim, deixe as postagens em aberto para que as pessoas respondam.

    Assim que os comentários começarem a aparecer, você precisa manter a conversa. Se as pessoas estão debatendo em sua postagem, responda a todos, incline-se para o lado social da rede. Se você conseguir manter um diálogo, terá uma maneira infalível de fazer com que seu perfil seja visto por um número cada vez maior de usuários.

    Além dos comentários, as hashtags são outra ótima maneira de aumentar a visibilidade. Elas permitem que sua postagem seja pesquisada, seja online ou diretamente na plataforma, por pessoas interessadas no tópico sobre o qual você está postando.

    Adicioná-las também trará especialistas, bem como clientes em potencial que estão pesquisando as informações sobre as quais você está falando.

    Existem várias ferramentas online que podem ajudá-lo a escolher a hashtag certa. Eu recomendaria o hashtagify.me, um site que rastreia as mais populares e recomenda as com o melhor desempenho em sua área de especialização.

    Peter Dazeley/Getty Images
  • 2. Postagem somente com texto ou imagem

    Tudo volta para o algoritmo. Seja adicionando um comentário ou uma hashtag para aumentar o engajamento, o LinkedIn priorizará as postagens que sejam melhores para a rede. Com isso, quero dizer publicações que manterão os usuários lá dentro.

    O LinkedIn, embora seja um serviço gratuito, ganha dinheiro com a venda de anúncios. Assim, o objetivo deles é manter as pessoas em seu site ou aplicativo.

    Por causa disso, uma postagem baseada em um link nunca terá um desempenho melhor do que uma postagem baseada em uma imagem ou texto. Compartilhar o conteúdo da empresa é importante, mas você precisa perceber que isso não será priorizado pelo algoritmo da mesma maneira que uma foto, já que acaba afastando as pessoas da plataforma. Por que o LinkedIn incentivaria seus usuários a fazer isso?

    A melhor coisa a se fazer é misturar postagens baseadas em link com outras em imagem e texto. Dessa forma você pode equilibrar o número de pessoas que vão ao site da sua empresa, bem como aquelas que vão apenas visualizar o conteúdo no próprio LinkedIn.

    Um exemplo de postagem viral tem vários dos tópicos mencionados: apenas imagem (sem link), conteúdo relacionável e marcar as pessoas. É possível sutilmente compartilhar todas as grandes novidades.

    O resultado final é que as postagens sem link têm um desempenho muito melhor porque mantêm as pessoas no próprio Linkedin em vez de direcioná-las para outra plataforma.

    Manuel Breva Colmeiro/Getty Images
  • 3. Quando compartilhar

    Ser preciso quanto ao horário em que algo vai ser compartilhado é a melhor maneira de aumentar a quantidade de pessoas que veem suas postagens. Se você publicar algo à meia-noite de uma terça-feira, sua postagem automaticamente será enterrada por todas as novidades que saem pela manhã.

    No Clearview Social, um software de defesa de funcionários, estudamos quais horários geram mais engajamento.

    Se você notar, os horários de pico são das 9h ao meio-dia, das 14h às 16h30 e das 18h às 19h, todos os horários que se coordenam com os principais trampolins do dia de trabalho, seja de manhã ou à noite, ou uma pausa para o almoço.

    Compartilhar nessas horas aumentará dez vezes sua audiência, simplesmente porque as pessoas já estarão lá. Se você postar à meia-noite os usuários não estarão lá para ver, não importa o quão boa ou bem escrita a postagem seja.

    Além de quando, a outra pergunta é “com que frequência?” Fico feliz em dizer a você: há uma resposta fácil para isso. Você deve compartilhar vinte vezes por mês ou uma vez por dia útil. Sim, você pode ter fins de semana de folga.
    No LinkedIn, apenas 3% dos usuários compartilham semanalmente, portanto, se você compartilhar uma vez a cada dia de trabalho, em cada um desses horários de pico, suas postagens trarão um envolvimento que você nunca viu antes.

    Fazer essas três coisas ao postar pode parecer muito problemático, mas como o marketing tem se movido cada vez mais para o espaço digital, o trabalho vale a pena.

    Você atrairá os olhos de clientes em potencial, bem como de colegas, fazendo coisas que levarão cerca de cinco minutos por dia. E se isso é demais para você, há uma infinidade de softwares de mídia social que tornam mais fácil: Clearview Social, Smarp e Bambu, para citar alguns.

    Nora Carol `Photograpgy/Getty Images

1. Comentários e hashtags

O objetivo das redes sociais é ser social. O LinkedIn encoraja esse comportamento, então seu algoritmo foi desenvolvido para recompensar aqueles que seguem essa regra. Assim, comece a adicionar comentários que atraiam as pessoas. Se você não escrever nada, tudo o que as pessoas verão é um link ou foto aleatória sem contexto.

Adicionar uma legenda nas suas publicações não apenas aumenta sua visibilidade, mas incentiva as pessoas a comentarem. Se você notar, aqueles posts que se tornam virais têm milhares de comentários, e isso porque o perfil original incentivou o feedback. Assim, deixe as postagens em aberto para que as pessoas respondam.

Assim que os comentários começarem a aparecer, você precisa manter a conversa. Se as pessoas estão debatendo em sua postagem, responda a todos, incline-se para o lado social da rede. Se você conseguir manter um diálogo, terá uma maneira infalível de fazer com que seu perfil seja visto por um número cada vez maior de usuários.

Além dos comentários, as hashtags são outra ótima maneira de aumentar a visibilidade. Elas permitem que sua postagem seja pesquisada, seja online ou diretamente na plataforma, por pessoas interessadas no tópico sobre o qual você está postando.

Adicioná-las também trará especialistas, bem como clientes em potencial que estão pesquisando as informações sobre as quais você está falando.

Existem várias ferramentas online que podem ajudá-lo a escolher a hashtag certa. Eu recomendaria o hashtagify.me, um site que rastreia as mais populares e recomenda as com o melhor desempenho em sua área de especialização.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).