6 dicas para conseguir um emprego por meio do networking

Criar uma rede de relacionamentos profissionais pode ser muito mais efetivo do que caçar vagas nas redes sociais.

Julia Wuench
Compartilhe esta publicação:
Nur Photo/ Getty Images
Nur Photo/ Getty Images

Criar uma rede de relacionamentos profissionais pode ser muito mais efetivo do que caçar vagas nas redes sociais

Acessibilidade


Quando você envia seu currículo para um anúncio de emprego online está fazendo o mesmo que colocá-lo em um triturador de papel. Embora se candidatar para todas as vagas do LinkedIn faça sua ansiedade diminuir e o deixe até mais realizado, provavelmente fará com que a busca por um novo trabalho fique ainda mais lenta. E ainda pode o deixar abatido, conforme as rejeições começam a surgir na caixa de entrada.

Pare de enviar seu currículo para anúncios de emprego. Em vez disso, pratique o networking. 

LEIA MAIS: 7 aplicativos que prometem definir o futuro do trabalho

Procurar um novo emprego é um jogo de números. Nos Estados Unidos, por exemplo, em média, 250 candidatos se inscreverão para uma vaga de empregos, 25% deles serão bem-sucedidos em superar o software de contratação do empregador e apenas quatro ou cinco deles serão convidados para uma entrevista. Encontrar a sua posição em uma empresa por meio do networking aumentará exponencialmente suas chances de colocar seu currículo no topo entre os inscritos e aumentará as chances de garantir uma entrevista presencial.

Normalmente, a maioria das vagas de empregos nem chega a ser divulgada online. Isso porque, muitas vezes, os candidatos são encontrados dentro da própria companhia ou por meio de networking. Para estabelecer uma rede de contatos eficaz você precisa fazer uma análise de todos os seus colegas – da vida profissional e pessoal. Utilize suas conexões atuais e as do passado. Isso é um recurso valioso. Mantenha a comunicação aberta. Estenda a mão de forma consistente, mesmo quando você não estiver em busca de emprego, para que, quando você pedir ajuda, esse relacionamento seja algo natural.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Mais importante ainda, certifique-se de que você está sendo autêntico. Não faça os relacionamentos que você está construindo parecerem unilaterais. Se esforce para agregar valor e se tornar útil. Esses atributos não serão esquecidos. Diga de maneira objetiva que você ficará feliz em retribuir a oportunidade quando for necessário. 

Investir seu tempo nessas ferramentas fará com que a trajetória da sua carreira avance, abrindo novos contatos interessantes e proporcionando sucesso em seu próximo emprego.

Veja, na galeria abaixo, como aumentar suas chances de conseguir um novo emprego por meio dos poderes influentes do networking:

  • Certifique-se de que seu currículo esteja sempre atualizado e pronto para ser compartilhado a qualquer momento. Você nunca sabe quem vai encontrar e onde. Esteja preparado.

    Shannon Fagan/Getty Images
  • Seja direto com o que você procura em uma oportunidade de emprego. E, da mesma forma, seja capaz de comunicar de forma sucinta sua função atual, suas responsabilidades, seus talentos e sua visão de trabalho futuro. Você precisa que seus contatos tenham uma compreensão clara dos seus objetivos na carreira.

    MoMo Productions/Getty Images
  • Mantenha e fortaleça seus contatos atuais, mas continue adicionando gente nova na sua rede. Não perca a oportunidade de seguir e interagir com amigos íntimos e colegas profissionais no LinkedIn. De acordo com a rede, é mais provável que as pessoas sejam indicadas para empregos pelos seus contatos de segundo e terceiro grau do que por seus contatos de primeiro. Essa tarefa simples de construir uma rede online pode resultar em maiores chances de conseguir um novo trabalho.

    Mixetto/Getty Images
  • Faça a internet trabalhar a seu favor – e não contra você. Faça do LinkedIn seu novo melhor amigo e não tenha medo de entrar em contato com recrutadores e funcionários atuais de empresas nas quais você deseja trabalhar ou conhecer. Apresente-se e comece a cultivar um relacionamento. Lembre-se, “comece com o relacionamento, não com o currículo”. Quando chegar a hora, aborde seu interesse em uma posição, se houver uma oportunidade. Isso abrirá a porta e manterá seu nome no radar. Faça isso diariamente e veja resultados transformadores.

    Jose Luis Pelaez Inc/Getty Images
  • Faça networking onde quer que você vá. Isso não significa frequentar uma sala lotada de estranhos usando crachás, a menos que você queira entrar nesse ambiente específico. Torne o networking divertido e descubra quais métodos são mais confortáveis ​​para você. Experimente caminhos diferentes que você pode não ter considerado anteriormente, como buscar seus ex-colegas de faculdade, tornar-se um membro do conselho, fazer voluntariado, ingressar em uma equipe esportiva, entrar em organizações religiosas, fazer um curso educacional local ou até ingressar em organizações profissionais. Seja criativo, amigável, envolvido e aberto ao que vier até você. Novas pessoas e experiências significam novos interesses e oportunidades.

    Dowell/Getty Images
  • Faça das entrevistas informativas uma prática comum. Essa é uma maneira comumente negligenciada, mas eficaz de construir sua rede. Normalmente, ela é realizada com alguém que ocupa um cargo ou esteja em uma empresa na qual você tem interesse e deseja aprender mais. É um ambiente descontraído onde você pode fazer perguntas e obter feedbacks perspicazes. Ela não é considerada uma entrevista de emprego e normalmente leva menos de trinta minutos.

    Westend61/Getty Images

Certifique-se de que seu currículo esteja sempre atualizado e pronto para ser compartilhado a qualquer momento. Você nunca sabe quem vai encontrar e onde. Esteja preparado.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

 

Compartilhe esta publicação: