5 maneiras de se sentir mais feliz no trabalho

Flashpop/Getty Images
Flashpop/Getty Images

Contrariando o pensamento da maioria, salário está longe de ser a causa principal de satisfação na carreira

Esse é o momento certo para garantir a felicidade na carreira. Durante o ano passado, é provável que seus padrões de trabalho tenham sido significativamente alterados. Isso deu uma grande oportunidade para você olhar sob uma nova perspectiva para a sua profissão, seus colegas e sua empresa.

Quando retornar ao escritório, você será lembrado de todas as coisas que ama (ou odeia) no seu trabalho. Este é um momento valioso para reavaliar, reiniciar e revigorar sua carreira. Também é o momento perfeito para fazer escolhas que o deixem mais feliz profissionalmente, seja ir em busca de novas oportunidades em uma organização diferente ou despejar mais alegria no seu emprego atual.

LEIA MAIS: Chief happiness officer: como a felicidade criou uma nova profissão

A felicidade no trabalho é uma meta digna. Muitos estudos mostram que quanto melhor estiver sua situação profissional, melhor estará também sua saúde física, seu desempenho e sua capacidade de tomar decisões, definir metas, buscar maiores aprendizados e se desenvolver. Além disso, você tende a ser mais agradável. Todas essas coisas são muito boas se você quiser progredir em sua carreira. Eles vão o tornar mais valioso para o seu empregador, além de trazer alegria para você.

Não importa em que trabalho você esteja, você não ficará feliz o tempo todo. Afinal, cada função é uma mistura de coisas agradáveis e desagradáveis. Mas você pode se esforçar para ter uma experiência predominantemente positiva. Ironicamente, sua melhor estratégia não será buscar a felicidade como objetivo final, mas encontrar quais as condições que o colocam nesse caminho.

Salário alto não garante felicidade

Apesar do que muitos acreditam, o salário não é um caminho garantido para a felicidade. Claro, a remuneração é fundamental para sua qualidade de vida e saúde – você precisa pagar o aluguel e comprar mantimentos. Também é importante que seu salário esteja de acordo com o valor de sua função e sua contribuição. Mas, além disso, a pesquisa sugere que o pagamento é menos importante do que muitas outras variáveis. Busque salários justos, mas também busque outros elementos para alcançar a felicidade.

Agora é a hora de encontrar um emprego – ou aprimorar sua função – para mostrar o seu melhor. Se você está procurando uma nova organização, também será interessante conhecer um novo estudo da Universidade Miguel Hernández que mostra que quando você está mais feliz, tem mais chances de encontrar um ótimo emprego. Portanto, aceite sua positividade e estabeleça um curso para encontrar ou influenciar seu trabalho de forma que o deixem feliz.

Exercer um um trabalho significativo ao lado de colegas que se importam lhe dará uma boa direção rumo a esta experiência alegre.

Veja, na galeria abaixo, cinco maneiras de se sentir mais alegre no trabalho:

  • 1. Tenha um trabalho significativo

    Segundo um estudo da Universidade do Alabama, você será mais feliz em seu trabalho se achar que ele é significativo. Considere que tudo que você faz se conecta a um propósito maior de contribuição para a comunidade. Lembre-se também de como seus talentos são únicos e de como você faz a diferença. Talvez você seja um ninja com a organização de um projeto ou talvez seu senso de humor ilumine uma sala. Ou talvez você seja aquele que sempre consegue manter a calma sob pressão. Aprecie a si mesmo e também a forma como seus esforços vão além de um papel individual.

    Luis Alvarez/ Getty Images
  • 2. Pense além dos seus interesses

    Você pode ter ouvido falar que a melhor carreira é aquela alinhada com seus interesses. Embora essa sintonia possa ser útil, seus gostos e metas são apenas alguns dos aspectos da satisfação com seu trabalho – e menos importantes do que tendemos a acreditar. Uma pesquisa da Universidade de Houston envolvendo 39.602 participantes e 65 anos de dados, descobriu que a relação entre os interesses e a satisfação profissional eram, na verdade, mínimos. Outras variáveis foram muito importantes, incluindo colegas, lideranças e a cultura da empresa. Encontre um trabalho que corresponda aos seus objetivos, mas esteja aberto para novas oportunidades quando surgirem propostas com ótimos colegas, excelentes líderes ou culturas empresariais especialmente eficazes. Busque funções – na sua atual ou nova empresa – que possam estar um pouco menos alinhadas com seus interesses principais caso as outras condições forem positivas.

    Westend61/Getty Images
  • 3. Ajude os outros

    As pessoas tendem a ser mais felizes quando são generosas e têm relacionamentos fortes. Dentro disso, existe uma relação científica entre ajudar os outros e atingir o seu próprio contentamento. Uma pesquisa da Universidade de Chicago com 27.587 profissionais descobriu que aqueles que exerciam funções que envolviam ajudar os outros (médicos, professores e padres) eram mais felizes que os demais. Entretanto, não importa que tipo de trabalho você faça, é possível fazer isso aplicando o seu conhecimento. Voluntarie-se para um projeto em que a equipe precise de mais mãos. Ofereça-se para se envolver quando um colega precisar de uma nova perspectiva. De modo geral, concentre-se nas maneiras como suas tarefas diárias são importantes para as pessoas ao seu redor.

    Westend61/Getty Images
  • 4. Tente coisas novas

    A variedade é importante para a saúde do nosso cérebro. Quando nos sentimos estimulados e inspirados, temos mais probabilidade de prosperar. Uma pesquisa da Universidade de Nova York descobriu que as pessoas tendem a ser mais felizes quando têm um número maior de experiências novas e diversificadas. Procure um trabalho que lhe permita explorar novas áreas e resolver problemas desafiadores. Além disso, participe de grupos onde você possa interagir com pessoas que têm experiências e perspectivas diferentes. Considere também colocar pequenas ações em prática, como traçar um caminho diferente até o trabalho, variar o local onde você faz suas tarefas (seja um novo cômodo da casa, uma sala de conferência ou a mesa de um café) ou dar um passeio durante um intervalo. Procure variedades grandes e pequenas.

    Nensuria/Getty Images
  • 5. Se mantenha no controle

    De acordo com um estudo da Universidade de Londres, você também tende a ser mais feliz na sua carreira quando tem mais controle sobre ela. Capacite-se para trabalhar da maneira que funcione melhor para você. Por exemplo, organize seu dia para realizar diferentes tipos de tarefas em horários específicos. Se você preferir fazer seu trabalho mais intenso e concentrador pela manhã, reserve um tempo para isso. Por outro lado, se você for mais ágil na parte logística do seu trabalho (enviando e-mails, agendando reuniões e respondendo a solicitações rápidas) à tarde, reserve tempo para esses tipos de tarefas. Também peça ao seu líder para trabalhar em locais diferentes do campus da sua organização ou em casa, dependendo do tipo de função que você precisa realizar.

    Westend61/Getty Images

1. Tenha um trabalho significativo

Segundo um estudo da Universidade do Alabama, você será mais feliz em seu trabalho se achar que ele é significativo. Considere que tudo que você faz se conecta a um propósito maior de contribuição para a comunidade. Lembre-se também de como seus talentos são únicos e de como você faz a diferença. Talvez você seja um ninja com a organização de um projeto ou talvez seu senso de humor ilumine uma sala. Ou talvez você seja aquele que sempre consegue manter a calma sob pressão. Aprecie a si mesmo e também a forma como seus esforços vão além de um papel individual.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).